Janeiro pode vir com chuvas acima da média para o Sul do Brasil

PARTILHAR
Chuva na Lavoura
Foto: Divulgação

Com influência do La Niña, o tempo fica chuvoso no primeiro mês de 2022; veja onde a chuvas ficam acima da média durante o verão

O verão que começa nesta terça (21), ainda terá a influência do La Niña, fenômeno que trouxe muitos efeitos para o clima durante a primavera, como a falta de chuva no Sul do país e o excesso de águas no Norte do Brasil.

Segundo a previsão do tempo, o cenário não será diferente durante o verão. A chuva ficará acima da média Norte, áreas do Nordeste e norte de Mato Grosso. Os volumes serão menores no Centro-Oeste e Sudeste abaixo da média histórica.

No Sul a situação será mais grave, principalmente no Rio Grande do Sul onde a seca tem afetado áreas produtoras

Em janeiro, a chuva continua especialmente no centro e Norte do Brasil. Na região central, os volumes ficam abaixo da média, mas não deixa de chover. Os volumes podem ficar acima da média, e a seca deve dar uma trégua em áreas do norte do Rio Grande do Sul, sul de Santa Catarina, Paraná e sul de Mato Grosso do Sul, com volumes que podem chegar até 200 mm.

No entanto, a partir de fevereiro, as chuvas voltam a concentrar nas áreas mais ao Norte, ficando novamente abaixo da média no Centro e Sul do país.

A partir de março, a situação de seca se agrava no Sul. Em São Paulo e Mato Grosso do Sul, as chuvas podem ir embora mais cedo em função do La Niña.

Fonte: Canal Rural

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR