JBS dá férias coletivas a funcionários de duas unidades

JBS dá férias coletivas a funcionários de duas unidades

PARTILHAR
Touros
Foto: Scot Consultoria

O motivo seria a baixa disponibilidade de matéria-prima na região em função da forte seca e queimadas nesta época do ano.

A unidade de bovinos da JBS em Marabá (PA) entrou de férias coletivas na última segunda-feira (23/10), por um período de 20 dias, enquanto a de Redenção, também no Pará, parou  na quarta-feira, dia (18/10) e volta depois de 10 de novembro.

Segundo a empresa, o motivo é a baixa disponibilidade de matéria-prima na região em função da forte seca e queimadas nesta época do ano. “Após esse período as atividades serão retomadas normalmente”, disse a JBS em nota.

O analista da Scot Consultoria Breno de Lima afirma que as escalas de abate na região estão mais curtas, devido à oferta restrita de animais no mercado paraense.

Paralelamente, a unidade da JBS em Confresa (MT) retoma as atividades nesta segunda-feira depois de um período de férias coletivas. Em Mato Grosso, a fábrica havia interrompido os trabalhos por causa da falta de água na região, segundo a JBS.

Em Mato Grosso do Sul, a empresa paralisou no início da semana as atividades de abate e compra de gado por tempo indeterminado. A alegação da JBS é de “insegurança jurídica”.

A decisão foi tomada após bloqueio de recursos, que soma R$730 milhões, dos quais R$620 milhões da JBS, e o restante da holding J&F, feito pela Justiça do Estado.

Fonte: Scot Consultoria

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
21 anos, Jales/SP. Estudante de Jornalismo, fotógrafa e estagiaria em Assessoria de Imprensa. Contato: jornalismo@comprerural.com