Ladrões invadem fazenda e levam 180 cabeças de gado

Ladrões invadem fazenda e levam 180 cabeças de gado

PARTILHAR
bezerrada-nelore-curral
Imagem Ilustrativa / Foto: Divulgação

Cento e oitenta animais da raça Nelore foram levados da fazenda Pauluqui, no município de Cafezal do Sul à noroeste do estado do Paraná, com informações do Jornal O Bemdito.

O caseiro da propriedade e a família dele foram feitos reféns durante quase 12 horas. A operação criminosa envolveu dois caminhões e um veículo de passeio. O dono do rebanho oferece recompensa por informações.

Segundo o caseiro, dois ladrões invadiram a sede na tarde de sexta-feira (22) e o assalto foi concluído na madrugada deste sábado. O boletim de ocorrência só foi registrado no início da manhã pelo funcionário. Ele afirmou que não conseguiu acionar antes os policiais porque não encontrava o celular.

Pelas dimensões do assalto, é muito provável que mais bandidos estejam envolvidos.

O caseiro relatou que só conseguiu ver duas pessoas e que o tempo todo ficou preso em um cômodo da casa com a esposa. Mediante ameaça de morte, saiu apenas para receber o filho, que chegava no veículo escolar.

gado-marca
Marca do gado / Foto: Arquivo pessoal.

Este é um dos maiores assaltos a propriedade rural na região de Umuarama. Além do gado, vários objetos da fazenda foram levados, incluindo uma arma de fogo. A área é arrendada pelo médico veterinário José Luiz Batista, 64 anos, dono do rebanho.

Leia também

“É o resultado de uma vida de trabalho”, disse um familiar de Batista. “Estamos confiantes no trabalho da polícia, mas como sabemos da complexidade e das circunstâncias, decidimos oferecer uma recompensa a quem oferecer informações que possam levar ao paradeiro dos animais”, acrescentou.

Segundo o médico veterinário, José Luiz Batista, 64 anos, dono do rebanho, os bandidos levaram 60% dos animais da propriedade, colocando em risco até mesmo a viabilidade do seu negócio. “A pessoa que me der o paradeiro do gado, se a informação realmente for confirmada, receberá a gratificação”, ressalta o pecuarista.

Recompensa e informações

O pecuarista está oferecendo uma recompensa de R$ 30 mil (trinta mil reais) para quem der informações que, de fato, levem ao paradeiro dos bovinos. Segundo ele, o sigilo da identidade da pessoa que denunciar é garantido. Quem tiver informações, pode entrar em contato com as Polícias Civil e Militar, pelo número (44) 3655-1136.

Atualizado segunda-feira (25/6) às 20h.

Gado ENCONTRADO

Segundo informações preliminares que tivemos direto do pecuarista, o gado foi encontrado pela polícia nos municípios de Mercedes (PR) e Marechal Cândido Rondon (PR). Os bandidos estavam tentando negociar os animais em um frigorífico local.

Frangos não usam hormônios, e sim, genética

Via O Bemdito.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.