Lagartas que atacam a soja que você precisa conhecer

Pode-se destacar, entre as pragas mais preocupantes, as lagartas como uma das mais ameaçadoras para a produtividade devido ao alto grau de destruição.

Uma das mais importantes no cenário econômico brasileiro, a cultura da soja tem grande relevância no mercado externo. Entretanto, desde a semeadura até a colheita, a oleaginosa está sujeita ao ataque de pragas que podem comprometer seriamente a produtividade.

Desta forma, conhecer o impacto desses insetos na lavoura é essencial para planejar ações preventivas e decidir pelas técnicas de manejo mais adequadas diante da situação. O monitoramento constante e a aplicação de inseticida para soja, associado às ferramentas disponíveis para o Manejo Integrado de Pragas, também fazem parte das boas práticas agrícolas do campo.

Pode-se destacar, entre as pragas mais preocupantes, as lagartas como uma das mais ameaçadoras para a produtividade devido ao alto grau de destruição que provocam e pela sua rápida proliferação.

A lagarta do elasmo e a lagarta rosca são pragas dos estádios vegetativos iniciais da soja. Já as demais lagartas atacam flores, folhas ou vagens. As principais são: Lagarta da Soja Anticarsia gemmatalis; Lagarta das Folhas Spodoptera eridania; Lagarta Rosca Agrotis ipsilon; Lagarta das Vagens Spodoptera cosmioides; Lagarta Helicoverpa Helicoverpa armigera; Lagarta das maças Chloridea virescens; Lagarta do Cartucho Spodoptera frugiperda; Lagarta do Elasmo Elasmopalpus lignosellus; Lagarta Mede Palmo Rachiplusia; e Lagarta Falsa Medideira Chrysodeixis includens.

🚀 Quer ficar por dentro do agronegócio brasileiro e receber as principais notícias do setor em primeira mão? ✅ 👉🏽 Para isso é só entrar em nosso grupo do WhatsApp (clique aqui) ou Telegram (clique aqui). 🚜🌱 Você também pode assinar nosso feed pelo Google Notícias

Siga o Compre Rural no Google News e acompanhe nossos destaques.
LEIA TAMBÉM