Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?

Lançado reagente que detecta a mastite de forma automática

Reagente para teste de CCS de forma automática na fazenda é lançado; Acoplado diretamente ao robô de ordenha Lely Astronaut, o MQC-C faz testes diários no leite e detecta precocemente possíveis quadros de mastite clínica e subclínica.

A Lely, empresa que oferece soluções em automação para pecuária leiteira, estará presente na Agroleite 2023. De 08 a 11 de agosto, em Castro (PR), os visitantes terão a oportunidade de conhecer o MQC-C, o lançamento da Lely no Brasil. O reagente proporciona ao produtor a possibilidade de testar o leite diariamente, visando sua qualidade e a prevenção da mastite, principal doença que acomete o rebanho leiteiro.

A mastite é um dos problemas de saúde mais comuns na pecuária leiteira e afeta a qualidade do leite, a quantidade de leite e o bem-estar animal (Halasa et al., 2007; Hogeveen et al., 2019). A CCS é um parâmetro frequentemente utilizado para diagnóstico de mastite (sub)clínica e, portanto, este parâmetro é utilizado para melhorar a saúde do úbere. Um rápido aumento de CCS no leite indica inflamação do úbere (Sharma et al., 2011). A contagem de células é, portanto, relevante no monitoramento da saúde animal e no desencadeamento de decisões apropriadas de manejo da fazenda (Schukken et al., 2003). Os insights do SCC no Lely são coletados através da Contagem de Células de Controle da Qualidade do Leite (MQC-C).

O CMT não é de forma alguma comparável ao SCC de laboratório em termos de características e precisão do teste. Seu verdadeiro valor é fornecer uma visão diária em vez de um relatório mensal. O MQC-C funciona por apenas uma fração dos custos do laboratório.

O MQC-C é uma ótima ferramenta para triagem de vacas com suspeita de infecção intramamária, pois o início oportuno do tratamento é importante para uma boa recuperação.

O MQC-C fica dentro de um compartimento acoplado ao robô de ordenha da empresa, que faz a coleta de uma amostra de leite e adiciona o líquido reagente. Com base na viscosidade dessa amostra, uma indicação de contagem de células (CCS) será gerada. Esse teste é baseado no mesmo princípio do California Mastitis Test (CMT). Quanto mais células inflamatórias estiverem presentes no leite, mais viscosa a mistura se torna.

O teste MQC-C é uma ferramenta de triagem, o que significa que indica a suspeita de uma doença. O tempo intermediário de medições através de um laboratório pode ser de até 6 semanas. A medição frequente da CCS com a ajuda do MQC-C ajuda a monitorar a saúde do úbere no nível da vaca (Deng et al., 2020).

“O MQC-C realiza um teste a cada três ordenhas, por meio do recurso Smart Sampler. Porém, quando o teste resulta em alta CCS (>250.000 células/ml), o dispositivo passa a coletar uma amostra a cada ordenha. O sistema verifica as últimas três visitas e se alguma delas apresentar uma contagem de células superior a 250.000, ele coletará uma amostra”, explica o gerente comercial da Lely no Brasil, João Vicente Pedreira.

Animais com mastite subclínica geralmente flutuam na contagem de células e a medição diária ajuda a identificar essa condição, o que proporciona uma visão mais efetiva e individual da saúde do úbere, auxiliando no manejo da mastite em termos de detecção precoce e adaptação do tratamento, por exemplo.

“Outros benefícios incluem a melhora do rebanho como um todo; amostras individuais diárias; maior segurança na produção e qualidade do leite, além de evitar custos adicionais, visto que o produtor terá uma importante ferramenta para auxiliar na prevenção da doença e, consequentemente, de gastos com antibióticos e descarte de leite”, ressalta João.

Agroleite

Este ano, o MQC-C será o destaque da Lely na Agroleite. Além da demonstração dos robôs Astronaut e Juno – empurrador automático de alimentos -, os visitantes também poderão conferir mais informações sobre o funcionamento e utilização da solução. 

Sobre a Lely

A Lely, fundada em 1948, direciona todos seus esforços para a criação de um futuro sustentável, lucrativo e agradável na fazenda. Focada nas vacas, a empresa desenvolveu robôs profissionais e sistemas de dados que aumentam o bem-estar, flexibilidade e a produção diária dos animais na fazenda.

Por mais de 25 anos, a Lely tem liderado as vendas e serviços no segmento de automação na produção leiteira, ajudando no sucesso diário dos produtores ao redor do mundo. Diariamente, a Lely inspira seus funcionários a oferecerem aos seus clientes soluções inovadoras e a construírem uma parceira de confiança de longo prazo, através de orientações e suporte. Com sua sede na Holanda e uma rede mundial de Lely Centers dedicadas localmente para serviços de vendas e suporte personalizados, o grupo Lely está presente em mais de 45 países e emprega mais de 1.600 pessoas.

Quer ficar por dentro do agronegócio brasileiro e receber as principais notícias do setor em primeira mão? Para isso é só entrar em nosso grupo do WhatsApp (clique aqui) ou Telegram (clique aqui). Você também pode assinar nosso feed pelo Google Notícias

Não é permitida a cópia integral do conteúdo acima. A reprodução parcial é autorizada apenas na forma de citação e com link para o conteúdo na íntegra. Plágio é crime de acordo com a Lei 9610/98.

Siga o Compre Rural no Google News e acompanhe nossos destaques.
LEIA TAMBÉM