Leiteiro que ganhou as arenas de rodeio do Brasil está no CRP

Leiteiro que ganhou as arenas de rodeio do Brasil está no CRP

PARTILHAR
Otávio Marino vs Diretor
Foto: Ricardo Mariotto

Com 29 anos de idade, Otávio Marino, de Jaci (SP) é experiente no rodeio brasileiro, finalista em Barretos (SP), terceiro lugar em Americana (SP) ganhador de onze motos e dezenas de títulos pelo Brasil.

Conhecido como ‘leiteiro, experiente, chega para reforçar o time dos ‘Trovões Azuis’ do CRP.

Por influência de um tio, começou a montar em garrotes desde os quinze anos de idade. Embora tenha pegado gosto pela atividade, montar em touros, desanimou de montar ficou uns dois anos, sem ir atrás de garrotes, e treinos.

Dedicava seu tempo em seu emprego em uma fábrica de móveis. Morando no sítio desde sempre, logo voltou a treinar já que, seu tio “Tonho”, quem além de montar em rodeio, tinha alguns touros para montara e, lá na arena do Flávio Berto, Otávio voltou e encarar os touros. Acabou indo para os rodeios com 20 anos de idade.

– Minha primeira oportunidade foi em Jaci (SP), minha cidade, acabei não indo bem, cai no primeiro dia, mas logo depois um amigo me arrumou um rodeio em Prata (MG), onde ganhei uma moto, comecei a ganhar dinheiro no rodeio logo que entrei. E logo comecei a entrar nas finais dos eventos aqui e minha região, e como é uma cidade perto da outra, tive facilidade de arrumar convites – Explica sobre seu começo.

Otávio Marino já passou por outros campeonatos, Ekip Rozeta e PBR Brasil onde foi revelação do ano, mas agora chegou com intenção de ficar no CRP

– Eu sempre via pela internet, sempre tive vontade de estar aqui, mas nunca fui atrás, foi quando esse ano, foquei em vir para o CRP, conversei com o Rogério, ele me deu a oportunidade, eu aproveitei entrei na final consegui alguns pontos, venho subindo de posição no ranking. Quero fazer um bom trabalho chegar melhor colocado na final, vim para ficar, é um campeonato com muita mídia, as pessoas na minha cidade já ficam esperando as transmissões ao vivo, e os vídeos no facebook, então estou feliz e gostando muito aqui – Explica sobre sua chegada no CRP.

– Eu e o meu pai tirávamos leite, um em cada sítio e a gente vendia na rua, desde pequeno eu fazia esse trabalho, foi aí que surgiu meu apelido de leiteiro, desde pequeno pegou esse apelido e foi junto comigo para o rodeio até hoje as pessoas me conhecem assim.  – Explica sobre seu apelido

Embora viva do rodeio, Otávio tem algumas atividades ligadas ao campo como criação de gado, e também no ramo imobiliário, aluguel de imóveis, mas, seu principal sustento vem das montarias.

No CRP, Otávio Marino, está na décima primeira colocação. Montou em quatro eventos, enfrentou quinze touros vencendo dez animais com um aproveitamento de 65%. Foi finalista em Pacaembu (SP) e Guapirama (PR), montou ainda em Barbosa (SP) e Umuarama (PR)

PRÓXIMA ETAPA

A CRP realiza a 7ª etapa durante a 25ª Festa do Peão de Palmital (SP) entre os dias 20 e 23 de abril. O evento acontece com entrada franca.

Mais informações no site www.circuitoranchoprimavera.com.br

Por Eugênio José