Lenta produção global de leite deixa espaço para lácteos dos EUA

PARTILHAR
Foto: Divulgação

Graças aos altos preços dos lácteos, essas exportações geraram US$ 886,2 mi em junho, recorde histórico. O queijo foi um dos principais impulsionadores

A desaceleração na produção global de leite está abrindo espaço para os produtos lácteos dos EUA.Os Estados Unidos enviaram um volume recorde de produtos lácteos para o exterior em maio.

Então, depois de ajustar para um mês mais curto, superou esse recorde em junho. Graças aos altos preços dos lácteos, essas exportações geraram US$ 886,2 milhões em junho, também um recorde histórico.

queijo foi um dos principais impulsionadores do forte desempenho das exportações, com volume e preços mais altos do que nunca.

O comércio dinâmico está mantendo os estoques de lácteos dos EUA sob controle por enquanto, mas os mercados futuros refletem a ansiedade de que a produção de lácteos dos EUA superará a demanda.

Os estoques de laticínios não estão caros, pelo menos ainda não. Mas a produção de leite dos EUA não deve cair abaixo dos níveis do ano passado novamente, e a produção de lácteos deve permanecer alta. Enquanto isso, a incerteza sobre a economia e o comércio permanece latente. A indústria de laticínios dos EUA precisa que a demanda se mantenha estável ou os produtos começarão a se acumular.

Com isso em mente, os preços do leite e da maioria dos laticínios deram um grande passo para trás.

Um cenário ruim no leilão do Global Dairy Trade (GDT) e as preocupações com a demanda chinesa pesaram muito nos preços do leite em pó.

Fonte: MilkPoint

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com