Mais de R$ 1 mi em insumos agrícolas fruto de crime são recuperados em Trindade

PARTILHAR
Crédito: Divulgação

Os insumos foram retirados por uma transportadora contratada pelos próprios compradores, sendo acordado que a carta de fiança original chegaria via correio. 

A Polícia Civil de Goiás, através da 02ª Delegacia de Trindade, na sexta-feira (02), recuperou, no município de Trindade, produtos defensivos, avaliados em um milhão e meio de reais, adquiridos de forma criminosa no estado do Paraná.

Em 10 de agosto, a empresa da vítima, proprietária dos insumos, foi procurada para vender alguns produtos defensivos a prazo. Após análise de crédito, a venda a prazo foi devidamente aprovada, mediante carta de fiança, sendo o total da mercadoria avaliada em R$ 1.600.000,00.

Os insumos foram retirados por uma transportadora contratada pelos próprios compradores, sendo acordado que a carta de fiança original chegaria via correio.

Entretanto, a mencionada carta chegou para a vítima, na forma de cópia e, ao consultar a autenticidade via QRCode, verificou que no selo constava o reconhecimento de uma assinatura e, no QRCode, aparecia outra pessoa desconhecida.

Dessa forma, a empresa percebeu que se tratava de um golpe e, ao entrar em contato com a empresa compradora, disseram que não teriam sido eles os responsáveis pela compra.

Diante do exposto, a Polícia Civil do Paraná contatou o 2 DP de Trindade, tendo em vista que o primeiro local de destino da mesma apontava o município como destino final.

Descoberto o local onde a carga estava escondida, a equipe diligenciou ao local, onde foi recuperado grande parte da carga, avaliada em R$1.200.000,00, localizada em um galpão supostamente abandonado.

Após o material periciado e constatado ser o mesmo obtido no golpe, foi instaurado inquérito policial para apurar crime de estelionato/receptação para que os criminosos que receberam a mercadoria sejam identificados.

Em seguida, os bens recuperados foram devolvidos a um representante da empresa vítima, que esteve no local assim que souberam da localização dos bens.

Fonte: Polícia do Estado de Goiás

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com