Mercado do boi continua firme

Mercado do boi continua firme

PARTILHAR
Foto: Confinamento Monte Alegre. (Reprodução: CompreRural)

No fechamento da última quarta-feira (27/3) as alterações de preços ocorreram em quatro praças e todas foram positivas. 

Do lado comprador, à medida que a virada do mês se aproxima, a necessidade das indústrias preencherem as escalas de abate e reabastecerem os estoques aumenta. 

Já a ponta vendedora, em busca de melhores preços, retém os animais no pasto, diminuindo a oferta de matéria-prima. Este cenário mantém o viés de alta. 

Em São Paulo, por exemplo, a valorização foi de 1,0% na comparação diária, o que significa acréscimo de R$1,50/@. As escalas de abate giram em torno de quatro dias. Desde o início de março, a cotação da arroba paulista acumula alta de 2,3%. 

No Oeste da Bahia e em algumas praças da região Norte, o volume de chuvas atrapalha os embarques dos animais, diminuindo ainda mais a disponibilidade de boiadas e pressionando os preços, como foi o caso da região de Marabá-PA.

Fonte: Scot Consultoria

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com