Mercado do boi gordo: preços podem cair ainda mais

Mercado do boi gordo: preços podem cair ainda mais

PARTILHAR
Foto: Confinamento Monte Alegre. (Reprodução: CompreRural)

Mercado do boi gordo travado. Este cenário é resultado do equilíbrio entre a oferta de bovinos terminados e a demanda da indústria.

Enquanto os pecuaristas oferecem os bovinos gradativamente, já que as pastagens continuam em boas condições, os frigoríficos estão trabalhando com menor volume de animais abatidos e pulando dias de abate, no intuito de controlar os estoques.

No mercado atacadista de carne bovina sem osso já são cinco semanas de queda nos preços. Na média de todos os cortes pesquisados, a desvalorização foi de 1,3% nos últimos trinta dias.

Já a arroba do boi gordo apresentou queda de 1,7% no período em São Paulo, o que permitiu que a margem de comercialização dos frigoríficos que fazem a desossa ficasse próxima da média histórica.

Entre as praças pecuárias pesquisadas, destaque para o Pará. A forte chuva dos últimos dias vem atrapalhando os embarques de bovinos e resultando em menor volume de animais abatidos.

Para os próximos dias, o cenário é de atenção a estratégia adotada pelos pecuaristas, já que a proximidade da entressafra e o maior volume de fêmeas disponíveis para o abate podem favorecer pagamentos abaixo da referência.

Com informações da Scot Consultoria.

-- conteúdo relacionado --
Nelore caminha para a carne marmorizada Grupo de selecionadores considera a missão como necessária e seleção para a característica avança, mas ainda sob muitos desafios e controvérsias "Exi...
Queda no mercado atacadista estreitam a margem dos... O mercado atacadista de carne bovina com osso também sentiu os efeitos da retração do consumo e fechou em queda. A demanda fraca desde o início do an...

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com