México renova cotas de importação de frango do Brasil

México renova cotas de importação de frango do Brasil

PARTILHAR
Foto Divulgação.

ABPA, que representa a indústria do setor no Brasil, avalia que a decisão traz a expectativa de mais exportações para o mercado mexicano.

O México renovou até dezembro de 2019 as cotas de importações de carne de frango estabelecidas em 2013. A informação foi publicada no Diário Oficial do país nesta semana e comemorada pela indústria do setor no Brasil.

No texto, o governo mexicano justifica a extensão das cotas na necessidade de garantir o abastecimento e, assim, evitar uma escalada de preços. Destaca, especialmente, o risco da ocorrência de gripe aviária sobre a oferta interna do produto.

“Para evitar um desabastecimento do produto, é conveniente manter abertas as opções de fornecimento externo”, diz o comunicado.

Em nota, a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), que reúne a indústria do setor no Brasil avaliou que a renovação da cota traz a expectativa de mais exportações de carne de frango para o mercado mexicano. Entre áreas livres de gripe aviária, o Brasil tem sido o principal fornecedor.

“Reforça a parceria estabelecida entre os dois países e confirma a confiança da população mexicana na carne brasileira”, diz, no comunicado, o presidente da associação, Francisco Turra.

POR REDAÇÃO GLOBO RURAL

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com