Milho atinge mais de R$ 41,00, e agora?

Milho atinge mais de R$ 41,00, e agora?

PARTILHAR
milho
Foto: Divulgação

O mercado do milho mantém uma tendência de alta no curto prazo, esse fator pode ser uma preocupação para o produtor que não se planejou.

O mercado de grãos está aquecido, tanto na soja quanto no milho, os preços tem se elevado nos últimos dias. A influência do dólar e a briga comercial entre EUA e China são alguns fatores que tem impactado no mercado interno. Porém, o que observamos é a grande influência do clima, as irregularidades das chuvas tem causado grande impacto em produção e demanda.

As perspectivas para o curto prazo é de aumento nas cotações, segundo a ferramente de análise da Agromove, o Pecuária de Decisão. O CEO da empresa, Alberto Pessina, traz pra gente essa semana um vídeo comentando sobre o assunto: Mercado do milho mantém uma tendência de alta no curto prazo.

“Na nossa tabela de tendência, podemos reparar que o milho já subiu R$ 2,00/saca desde que nossa tendência mudou para ALTA. Ainda não observamos uma mudança nessa tendência. Porém, alguns ALERTAS começam a chamar a nossa atenção. Primeiramente, a Probabilidade de Queda (hoje em 70%) que está se aproximando da Região de Vendas (80%)”, alerta Pessina.

Tabela 1. Tendência do Milho em São Paulo

Tendência-do-Milho-São-Paulo-Agromove
Fonte: Agromove

Veja o vídeo exclusivo para quem quer lucrar alto:

Quer saber até quando o preço irá subir? Até quando você deve esperar para comprar/vender pelo melhor preço? Mande seu e-mail ou acesse o link abaixo e descubra qual o melhor momento para negociar seus animais e insumos e MAXIMIZAR seus lucros!

Conheça o Pecuária de Decisão, a ferramenta que te ajuda a tomar decisões lucrativas! Clique aqui!

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com