Milho em queda se aproxima de R$ 91,00/sc

PARTILHAR
caminhao cheio de milho carregado na roca
Foto: Wenderson Araujo/Trilux

A oferta continua forçando o recuo dos preços no mercado físico do milho com a saca em Campinas/SP se aproximando dos R$ 91,00/sc; Confira!

A pressão da oferta continua forçando o recuo dos preços no mercado físico do milho com a saca em Campinas/SP se aproximando dos R$ 91,00/sc. O mesmo fator tem levado movimentos negativos para os futuros do grão negociados na B3, o vencimento novembro/21 fechou o dia na cotação de R$ 91,73/sc, queda de 0,53%.

Em Chicago, o enfraquecimento do dólar no mercado internacional e o avanço do petróleo fizeram os contratos futuros encerrarem o dia em alta. A moeda americana desvalorizada favorece as vendas externas, já a alta da matéria prima do combustível deixa o etanol de milho mais competitivo. O vencimento dezembro/21 foi negociado a US$ 5,29/bu, alta de 0,71%.

Boi Gordo

Nesta quinta-feira, o mercado físico do boi gordo em São Paulo apresentou baixa liquidez, com poucos negócios concretizados, mesmo com alguns frigoríficos mostrando maior interesse para preencher suas escalas de abate. A referência de preços também não passou por alterações, continuando na casa dos R$ 300,00/@. Na B3, o contrato futuro de boi gordo com vencimento para outubro/21 fechou cotado a R$ 302,10/@, com desvalorização de -1,23 % no comparativo diário.

No mercado atacadista de carne bovina, as vendas ainda não evoluíram de forma mais significativa, porém não há mais reclamações e sobras de mercadorias, o que pode equilibrar as cotações. Com isso a carcaça casada bovina segue cotada em R$ 19,05/kg. Um leve aquecimento das vendas pode recolocar os preços nos patamares anteriores.

Soja

Acompanhando o momento de cautela no mercado, os futuros da soja em Chicago e o preço do dólar frente ao real pouco variaram, fazendo com que no spot brasileiro a oleaginosa continue sendo vendida na casa dos R$ 173,00/sc.

Na CBOT, traders fecharam a quinta-feira de maneira defensiva, aguardando novidades em relação a colheita da soja que está em estágio inicial. O vencimento novembro/21 da oleaginosa passou por um ligeiro avanço de 0,12%, encerrando o dia valendo US$ 12,84/bu.

Fonte: Agrifatto

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.