Milho: Indicador segue em queda e abaixo de R$ 90/sc

PARTILHAR
milho sendo carregado em caminhao
Foto: Divulgação

Do lado produtor, apesar de muitos não terem necessidade de vender o milho para fazer caixa, estes temem que o movimento de queda dos preços se intensifique.

A comercialização de milho está enfraquecida no Brasil. De acordo com pesquisadores do Cepea, esse cenário se deve ao menor interesse de compradores, que, agora, têm expectativas de quedas ainda mais intensas nos preços, fundamentados na proximidade da colheita e na desvalorização nos portos brasileiros.

Do lado produtor, apesar de muitos não terem necessidade de vender o milho para fazer caixa, estes temem que o movimento de queda dos preços se intensifique.

Com isso, parte tenta negociar lotes remanescentes da temporada 2020/21 ou da safra verão. Na semana passada, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa voltou a operar abaixo de R$ 90/saca, fechando a R$ 89,87 na sexta-feira, 18, com forte queda de 10,2% na parcial de junho.

Fonte: Cepea

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com