Milho volta ao patamar de R$ 88/sc

PARTILHAR
Milho Vilhena - caminhao carregando milho
Foto: Renata Silva / Embrapa

Milho registra um baixo volume de negócios realizados, os preços continuam a cair nas principais praças do país e encosta nos R$ 88,00/sc.

No mercado físico, o milho registra um baixo volume de negócios realizados, os preços continuam a cair nas principais praças do país e encosta nos R$ 88,00/sc em Campinas/SP. Na B3, os contratos encerram a terça-feira em baixa, com o vencimento para julho/21 sendo cotado a R$ 80,69/sc, desvalorizando 3,03% no comparativo diário.

O clima continua sendo a principal preocupação no mercado norte-americano. Na CBOT, os futuros do cereal fecharam em sua maioria em queda após as chuvas do fim semana nas regiões produtoras dos EUA. O vencimento para julho/21 fechou o dia em estabilidade sendo cotado a US$ 6,60/bu.

Boi gordo

No mercado físico do boi gordo, os preços para animais padrão China chega a bater os R$ 325,00/@, enquanto os animais de padrão comum encostam nos R$ 320,00/@, demonstrando firmeza de preços. Na B3, o contrato para outubro/21 fechou cotado a R$ 320,75/@, com desvalorização de -0,57%.

No mercado atacadista de carne bovina, os distribuidores encontram dificuldade de repasse ao mercado varejista devido ao consumo baixo e com isso o mercado permanece empacado. Com baixa liquidez e sem muitas novidades, o preço da carcaça casada se manteve a R$ 19,65/kg

Soja

A soja segue perdendo valor no mercado físico brasileiro e está sendo negociada na média dos R$ 154,00/sc no Porto de Paranaguá/PR. O USDA publicou em seu relatório uma piora nas condições das lavouras americanas, com 60% da safra apresentando condições boas ou excelentes, porém essa perda de potencial produtivo não foi o suficiente para a sustentação dos preços.

Em Chicago os contratos continuam sofrendo correção dos preços, no entanto a maior demanda pela oleaginosa americana está no radar. Os futuros com vencimento em julho/21 encerram o dia na casa dos US$ 13,94/bu, desvalorizando 1,45% no comparativo diário.

Fonte: Agrifatto

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.