Momento requer atenção especial para o recriador e invernista

Momento requer atenção especial para o recriador e invernista

PARTILHAR
Foto: Confinamento Monte Alegre. (Reprodução: CompreRural)

O cenário de pressão de baixa no mercado do boi gordo está afastando os recriadores das compras e, consequentemente, o volume de negócios foi menor ao longo das últimas semanas.

Entretanto, mesmo com menor movimentação, as cotações estão sustentadas para a reposição. No balanço semanal, considerando a média de todas as categorias de machos e fêmeas anelorados pesquisadas pela Scot Consultoria, as cotações fecharam em alta de 0,2%.

Esta conjuntura de arroba do boi gordo perdendo fôlego e cotações para a reposição firmes fez a relação de troca para o recriador e invernista piorar.

Tomando como base a praça de São Paulo, na comparação mensal, entre dezembro último e janeiro, o número de arrobas de boi gordo necessárias para a compra de um bezerro desmamado anelorado (6@), aumentou 1,3%.

Para a compra de um boi magro anelorado (12@), o aumento foi de 1,7%.

Para o curto prazo, com as pastagens com boa capacidade de suporte, os criadores têm um certo respaldo para ofertarem preços acima da referência e se a pressão de baixa permanecer no mercado do boi gordo, o poder de compra pode piorar para o recriador e invernista.

O momento requer muita atenção tanto no mercado como nas contas.

As Informações são da Scot Consultoria.

-- conteúdo relacionado --
Brasil vai alcançar 25% das exportações globais de... As previsões extraídas do último relatório da OCDE/FAO (Agricultural Outlook 2016/2025) sustentam que o Brasil vai alcançar 25% das exportações globai...
Indonésia vai abrir seu mercado à carne bovina bra... Informação foi dada ao secretário-executivo do Mapa, Eumar Novacki, durante visita ao país nesta segunda-feira O ministro da Agricultura da Indonésia...

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com