Morre touro Macuni do Salto, maior vendedor de sêmen da história da...

Morre touro Macuni do Salto, maior vendedor de sêmen da história da Alta

PARTILHAR
Macuni do Salto Foto: Alta Genetics

Reprodutor chegou a comercializar 450 mil doses, alcançando a liderança da raça por seis anos

A Alta Genetics comunica o falecimento do touro Macuni do Salto, reprodutor da raça Nelore que se consagrou na bateria da Central. Vindo do criatório Nelore da Nana, propriedade de Ana Luiza Consoni Guimarães, em Goiás, o animal chegou a comercializar 450 mil doses de sêmen, sendo o líder de vendas da raça por seis anos consecutivos.

Macuni do Salto chegou a Alta em 2006, produzindo ao longo de sua história 482.239 doses.

“Sua importância na pecuária nacional foi imensa, pois se destacou em uma época em que o Nelore passava por uma transformação. A busca por um modelo de animal de maior precocidade era grande e os touros disponíveis no mercado para transmitir esse modelo de carcaça eram restritos. Macuni era conhecido por tirar perna e colocar costela, portanto uma máquina de produzir animais funcionais e produtivos”, ressalta Rafael Oliveira, Gerente de Produto de Corte Zebu.

Touro utilizado tanto em rebanhos PO quando em rebanhos comerciais, Macuni ficou conhecido por produzir animais com alto nível de padronização.

Famoso por transmitir aos seus filhos costelas arqueadas e profundas, muita musculatura e fêmeas extremamente férteis e lonjevas dentro dos rebanhos brasileiros, tanto que foi identificado no programa Concept Plus, por possuir resultados de campo acima da média em fertilidade na IATF (Inseminação Artificial em Tempo Fixo).

Macuni morreu aos 15 anos de idade, mas deixa sua imponente genética disponível para venda na central da Alta.

Fonte: Alta Genetics

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com