Nos EUA, startup vai da carne de laboratório a frutos do mar

PARTILHAR
Foto: Divulgação

Com o negócio, além de proteínas de bovinos e aves de laboratório, a Upside acrescenta itens como lagosta e outros crustáceos à sua linha de produtos.

A startup americana Upside Foods, que produz carne em laboratório, anunciou hoje (25/1) a aquisição da Cultured Decadence, de frutos do mar cultivados. Com o negócio, além de proteínas de bovinos e aves de laboratório, a Upside acrescenta itens como lagosta e outros crustáceos à sua linha de produtos. O valor do acordo não foi informado.

Com a aquisição, a Upside pretende acelerar o desenvolvimento de frutos do mar de cultivo, que, segundo a empresa, têm se mostrado uma alternativa mais ecológica aos alimentos convencionais. Ao contrário das proteínas à base de plantas, que são produzidas a partir do processamento de grãos e leguminosas como soja, feijão e ervilha e imitam a textura e o sabor da carne de animais como gado, frango e peixe, as carnes de laboratório são de fato uma proteína animal. Elas são obtidas com o uso de biorreatores a partir de células dos animais, que, assim, não precisam ser abatidos. 

Anteriormente conhecida como Memphis Meats, a Upside Foods aguarda aprovações dos órgãos reguladores para levar seus produtos ao mercado. A empresa deverá produzir os frutos do mar de laboratório em sua instalação recém-inaugurada na Califórnia, onde já cultiva carnes bovina e de aves. A Culture Decadence, com sede em Wisconsin, adotará a marca da Upside e servirá como um “hub” da companhia no Meio-Oeste americano.

Fonte: Valor Econômico

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com