Ourofino fecha parceria com Programa Carne 4.0

Ourofino fecha parceria com Programa Carne 4.0

PARTILHAR
Foto: Divulgação

Iniciativa da Ourofino Saúde Animal investe em capacitação de profissionais da cadeia de bovinos para produção de carne de qualidade.

Idealizado pelos zootecnistas Danilo Millen, PhD em nutrição de ruminantes da Unesp – campus Dracena/SP, e Andrea Mesquita, fundadora do Território da Carne, o Programa Carne 4.0 tem como objetivo preparar e orientar alunos de graduação, pós-graduação e profissionais da zootecnia, medicina veterinária e agronomia. Apoiada pela Ourofino Saúde Animal, a iniciativa busca aumentar o conhecimento e a compreensão sobre a cadeia de carne bovina, para que todos os envolvidos no setor possam atuar de maneira assertiva nas soluções inovadoras do mercado, visando à promoção da carne de qualidade.

“A Ourofino realiza um trabalho de capacitação constante para o uso correto de produtos veterinários, além de levar soluções sanitárias para garantir maior produtividade do rebanho, otimizando, assim, a mão de obra na fazenda – fator escasso na maioria das propriedades”, afirma Thales Vechiato, gerente de produtos para gado de corte da companhia. “Agora, com o Programa Carne 4.0, recebemos a oportunidade de estender esse trabalho aos estudantes e zootecnistas, para contribuir de forma efetiva na produção da carne de qualidade. Com essa parceria, reforçamos nossos valores e princípios em prol da produção nacional.”

O projeto nasceu da percepção dos fundadores de que a necessidade do mercado de ter profissionais que entendessem a cadeia animal, de forma integrada, era maior do que o número de pessoas que já se formam com essa visão. De acordo com Thales, uma boa gestão, que começa desde os cuidados com as propriedades, garante um sistema produtivo eficiente quando ligado ao uso de tecnologia. “Mas, para isso, é preciso investir em pessoas, em conhecimento, e direcionar recursos para de fato mudar os rumos da produção e consumo da carne no Brasil. Por isso a Ourofino apoia e acredita no Programa 4.0.”

Andrea Mesquita, uma das fundadoras do projeto, ressalta que um dos reflexos é o incentivo de um consumo mais consciente da carne. “O Brasil tem um dos maiores consumos per capita de proteína bovina, mas feito de forma inconsciente, no sentido de identificar de onde vem a carne que está comendo, de que forma ela foi preparada até chegar ao mercado, quais as formas que pode ser consumida e assim por diante. Um dos principais objetivos do Carne 4.0 é que toda a história dessa carne seja contada ao consumidor, para que ele tenha consciência e responsabilidade por suas escolhas”, explica.

Nesse cenário, a Ourofino Saúde Animal entra para contribuir com a informação ao público voltado para cadeia produtiva e ao consumidor. “É nosso papel como indústria garantir que a carne bovina chegue ao mercado com qualidade, agindo como um braço para promover o alimento livre de resíduos de produtos veterinários, orientando e dando suporte sanitário aos pecuaristas para o uso de racional produtos”, esclarece o gerente da empresa.

O programa contou com duas edições presenciais na Universidade Federal do Mato Grosso, estado líder em pecuária, iniciando a formação de 49 alunos, e deverá seguir com acompanhamentos online durante dois anos – no total, espera-se capacitar 150 estudantes nas cinco edições previstas para o ano de 2019. Semestralmente, cada inscrito deverá passar por um comitê de orientação como forma de avaliação da evolução no projeto. Os participantes recebem bagagem teórica e prática que proporcionam o esclarecimento de que a qualidade do produto final depende de que todo o processo da cadeia seja feito de forma integrada, e não individualizada.

“Os materiais desenvolvidos ao longo do programa mostrarão que o processo para a carne do futuro precisa ser gerido por uma pessoa com consciência do que faz, e uma ação robusta como essa precisa de parceiros como a Ourofino, que tem comprometimento com a causa e o foco em pessoas. Acreditamos que iniciativa trará grandes resultados ao mercado da carne”, ressalta o zootecnista Danilo Millen.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com