Parceria vai avaliar vacas no sistema de cria na pecuária de corte

Parceria vai avaliar vacas no sistema de cria na pecuária de corte

PARTILHAR
COIMMA e APTA Regional de Colina firmam parceria para ampliar estudos sobre o sistema de cria na pecuária de corte
Foto: Divulgação

COIMMA e APTA Regional de Colina firmam parceria para ampliar estudos sobre o sistema de cria na pecuária de corte; objetivo é pesar vacas diariamente

A COIMMA, líder em balanças e troncos para a pecuária, e a APTA Regional de Colina (Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios), referência em desenvolvimento tecnológico na pecuária de corte, unem-se para ampliar estudos voltados para o sistema de cria, a partir do monitoramento do ganho de peso diário das vacas, utilizando o sistema de pesagem BalPass, desenvolvido pela COIMMA, EMBRAPA e Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). A APTA é ligada à Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo.

Bruno Dancieri Silveira, Gerente Geral de Negócios da COIMMA, explica que a parceria objetiva gerar mais conhecimento e contribuir para o aumento da produtividade na cria, sistema com menos tecnologia embarcada e com menor volume de estudos em comparação com a recria e a engorda.

Com o uso do sistema de pesagem BalPass, a APTA aprimora a avaliação do Escore de condição corporal e agiliza o acompanhamento da alteração de peso de fêmeas. “Durante o processo de produção de bezerros, a vaca tem alteração de peso ao longo do ano em função da qualidade e disponibilidade de pasto e devido às alterações metabólicas ocasionadas pela gestação e pela lactação. São raros os estudos que monitoram essas importantes questões que envolvem as vacas de cria. Nosso objetivo com esse projeto é monitorar não só a vaca, mas também o bezerro ao longo do processo produtivo. O sistema BalPass permite que acompanhemos o peso do animal dia após dia, contribuindo decisivamente para o sucesso do estudo”, explica Gustavo Rezende Siqueira, pesquisador da APTA Regional de Colina.

Gustavo Siqueira destaca que a coleta das informações também permite entender melhor a dinâmica das alterações de condição corporal das vacas ao longo do ano, permitindo ser mais efetivo para implementar a nutrição de precisão para as fêmeas.

“A COIMMA tem como pilar fundamental contribuir com o avanço tecnológico na pecuária. Firmar alianças estratégicas com instituições tão importantes como a APTA Colina fortalece o nosso compromisso. Contar com o conhecimento técnico de renomados pesquisadores, como Gustavo Siqueira e Flavio Dutra de Resende também auxiliam bastante o aprimoramento da balança BalPass para o sistema de cria, com ganhos de produtividade para os nossos clientes e, consequentemente, da pecuária nacional”, destaca Bruno Silveira.

A BalPass é uma balança de passagem de alta tecnologia, única no mercado brasileiro com versatilidade de funcionamento tanto a pasto quanto em confinamento. O sistema possui módulo de mobilidade, que permite ao pecuarista movimentá-la facilmente conforme sua necessidade. Além disso, BalPass pode ser instalada na pastagem, em local estratégico de acesso a bebedouros, cochos ou praças de alimentação, onde obrigatoriamente os animais passam diariamente. Nesse momento, o conjunto capta sua identificação e peso. As pesagens são validadas e transmitidas via antena para um portal e/ou aplicativo, cujo software analisa as informações fornecidas. No campo, os equipamentos podem funcionar por energia gerada por painéis solares que fazem parte do equipamento.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.