Paulo Herrmann: “País da TV não nos representa”

Paulo Herrmann: “País da TV não nos representa”

Paulo Hermann
Foto: John Deere

Segundo o presidente da John Deere Brasil Paulo Herrmann, é necessário acreditar na nossa vocação e honestidade para fazer as coisas acontecerem.

Chegando cada vez mais perto de um período eleitoral, nós precisamos saber separar o joio do trigo. Estar ligado no que representa perigo para nossas instituições,  para o nosso povo e principalmente para todo o nosso País é muito importante. Durante o evento Analys Agricultura de Precisão, Paulo Herrmann um dos principais nomes do agronegócio deixou claro a limpeza que precisa ser feita, para que o Brasil retome seu rumo de crescimento.

“É necessário olhar menos televisão, ler menos jornal e acreditar muito mais na nossa vocação, competência, capacidade, honestidade para fazer as coisas acontecerem. Esse País que está 24h por dia na televisão não nos pertence, não somos nós, não nos representa, nós somos farinha de outro saco, nós somos gente de outra estirpe e acho que quanto mais a gente se converncer disso, quanto mais a gente criar alianças nesse sentido tanto mais forte será nossa reação para varrer do mapa esse tipo de gente que se apoderou do Estado em benefício próprio. Nós temos que tomar conta de nossas cooperativas, das prefeituras, temos que ter uma marcação cerrada sobre cada político que vamos eleger nas próximas eleições no sentido de assegurar que eles nos represente e não representem a espécie de pessoas que eles são”, afirmou o presidente da John Deere Brasil Paulo Herrmann

Na tarde dessa quinta-feira (06), uma das operações mais extensas e importantes de combate à corrupção do País levou um golpe que ainda não conseguimos medir, mas que pode representar um retrocesso. A direção da Polícia Federal decidiu encerrar as atividades do grupo de trabalho da Operação Lava Jato em Curitiba (PR).

Para investigadores, o encerramento do grupo de trabalho poderá comprometer a produção de provas contundentes – a exemplo daquelas que foram produzidas contra os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, ambos do PT. Há inclusive, o temor de que novas fases da Lava Jato sequer sejam deflagradas.

O encerramento dos trabalhos representa um duro golpe na esperança dos brasileiros que sonham com um Brasil límpido. As pessoas precisam se unir para traçar uma recuperação conjunta, tomar as redeas das nossas principais instituições para que não assitamos  paralisados aos mandos e desmandos de políticos corruptos que comandam nossa nação de acordo com suas necessidades. As eleições de 2018 estão chegando junto com a chance de mudanças

Assista ao desabafo do presidente da John Deere Brasil

Ele substituiu Aaron Wetzel, que, a partir de 1º de setembro, assume a vice-presidência para a Plataforma Global de Proteção de Tratos Culturais, ligada ao segmento agrícola da Deere. Wetzel possui longa carreira na empresa, tendo atuado em cargos de liderança em diversas divisões da John Deere na Europa, América Latina, África e Oriente Médio.

Conteúdo reproduzido do site IG

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.