Peso do bezerro em MS deste mês é o mais baixo desde...

Peso do bezerro em MS deste mês é o mais baixo desde 2002

PARTILHAR
Foto Divulgação.

O peso médio do animal de reposição (nelore, de 8 a 12 meses) negociado registra média de 174,31 quilos; Trata-se da menor média mensal desde janeiro de 2002, quando esteve em 173,47 quilos.

Nesta parcial de dezembro (até o dia 18), o peso médio do animal de reposição (nelore, de 8 a 12 meses) negociado em Mato Grosso do Sul registra média de 174,31 quilos, segundo levantamento realizado diariamente pelo Cepea.

Trata-se da menor média mensal desde janeiro de 2002, quando esteve em 173,47 quilos. Pesquisadores do Cepea indicam que, analisando-se a série de sazonalidade do peso do bezerro, observa-se que, de fato, esses animais tendem a ser mais leves em dezembro, especialmente, e em janeiro. Isso porque esses bezerros nascem geralmente em maio, atravessando os primeiros meses de desenvolvimento na época mais seca do ano.

Em dezembro de 2019, no entanto, o que chama a atenção é que o peso é um dos mais baixos de toda a série do Cepea. De acordo com pesquisadores do Centro de Pesquisas ligado à USP, esse cenário pode estar atrelado ao atraso das chuvas no Centro-Oeste em 2019, que teria limitado ainda mais o ganho de peso desses animais.

Outro motivo que pode ter influenciado a comercialização de um bezerro mais leve é a demanda por parte de recriadores, que tende a estar mais aquecida, devido ao elevado patamar de preço da arroba do boi gordo.

Pesquisadores do Cepea destacam, ainda, que o criador, por sua vez, também poderia estar “aproveitando” os elevados valores de comercialização do bezerro e, com isso, ofertando um animal precoce.

Fonte: Cepea 

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com