Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?

Pintos de corte: produção aumentou 4% no 1º semestre

Esse foi o segundo maior volume da história do setor, ficando atrás, apenas, do que foi registrado no segundo semestre de 2020.

Os levantamentos mensais da APINCO apontaram que no primeiro semestre de 2021 foram produzidos no Brasil cerca de 3,415 bilhões de pintos, volume 4% superior ao do mesmo semestre do ano passado.

Esse foi, em termos semestrais, o segundo maior volume da história do setor, ficando aquém, apenas, do que foi registrado no segundo semestre de 2020, período em que o total produzido ultrapassou a casa dos 3,540 bilhões de cabeças.

Considerada a evolução média (+2,80%) registrada do primeiro para o segundo semestre nos últimos 10 anos (nesse espaço de tempo, em apenas duas ocasiões – 2012 e 2016 – o volume do segundo semestre foi menor que o do primeiro), a produção de pintos de corte do corrente semestre ficará em torno dos 3,511 bilhões de cabeças, ou seja, ainda aquém do que foi registrado um ano atrás, neste mesmo semestre.

Isso, entretanto, não impedirá que 2021 seja encerrado com novo recorde na produção anual. O previsto, neste caso, são pouco mais de 6,9 bilhões de pintos de corte, 1,5% a mais que o produzido no ano passado.

Fonte: Avisite

Siga o Compre Rural no Google News e acompanhe nossos destaques.
LEIA TAMBÉM