Polícia fecha laticínio que vendia queijo impróprio para consumo

Polícia fecha laticínio que vendia queijo impróprio para consumo

PARTILHAR
capa-queijo-perdido
Foto Divulgação.

Ratos e baratas foram encontrados no local que vendia o queijo para pizzarias e supermercados da cidade.

A Polícia Civil fechou no fim da tarde desta quinta-feira (17) uma fábrica de laticínios que comercializava queijo em condições impróprias para o consumo, no bairro Vila Nova, em Imperatriz, com o nome fantasia Bella Laticínios.

Segundo o delegado regional Eduardo Galvão, que comandou a operação, a denúncia foi feita ao Ministério Público e no local foram constatadas diversas irregularidades, desde a ausência de condições básicas higiênico-sanitárias, com o flagrante inclusive de ratos e baratas nas dependências do laticínio, ao reaproveitamento do queijo em visível estado de putrefação.

Foto Divulgação.

“O local já havia passado por uma fiscalização da Aged, nós voltamos lá e flagramos toda essa situação. O laticínio não apresentou o SIM, que é o Selo de Inspeção Municipal, e vendia para supermercados e pizzarias da cidade”, enfatizou o delegado.

A operação está em andamento e a quantidade de queijo apreendido ainda vai ser pesada.

“Agora nos chama a atenção esse laticínio estar funcionando nessas condições. Significa que não estão sendo feitas as fiscalizações da Secretaria de Agricultura. Nós conduzimos o proprietário, Marcelo de Carvalho, pra fazer o flagrante”, reforçou o delegado.

Fonte: Imirante

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com