Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?

Potencial da agricultura brasileira traz empresa indiana ao país

Multinacional de soluções para nutrição, proteção de plantas e biológicos aposta na força do Brasil e projeta faturamento de até US$ 150 milhões

Quando o assunto é agronegócio, o Brasil está entre os maiores destaques do cenário mundial. O seu potencial e as oportunidades locais, têm despertado interesse de agroindústrias de diversos outros países. Mais recentemente, por exemplo, foi a indiana SML Limited, multinacional focada em alta tecnologia de produtos nutricionais, protetivos e biológicos que anunciou investimentos de US$ 10 milhões no mercado nacional.

De acordo com o Managing Diretor da SML, Bimal Shah, a escolha pela agricultura brasileira para expansão internacional da marca foi estratégica. “O Brasil é o maior mercado agroquímico do mundo. Isso nos traz muitas oportunidades para oferecer nossas soluções patenteadas aos produtores locais e contribuir para a segurança alimentar global. Olhando para esse enorme potencial, temos uma visão de faturamento de US$ 100 até US$ 150 milhões a curto e médio prazo”, destaca.

A Índia e o Brasil têm muitas semelhanças, afinal são economias em desenvolvimento e a agricultura em ambos os países contribui significativamente para o produto interno bruto (PIB). A participação desse setor no PIB do Brasil é de 24,1% e na Índia é de 18,3%. Isto significa que o segmento é a espinha dorsal de ambas as nações, que inclusive continuará a crescer e ainda, ambos são exportadores de commodities e produtos de valor agregado.

Segundo Shah, a Índia, por exemplo, exporta cerca de 24 milhões de dólares em produtos agrícolas e alimentos processados, apesar de alimentar uma enorme população de 1,4 bilhões de indivíduos. Ou seja, 17,5% da população mundial. Já o Brasil exporta produtos agrícolas e alimentos processados no valor de US$ 125 bilhões. “Embora ambos os mercados sejam comuns, com uma grande contribuição para o PIB e as exportações, em termos de escala e tamanho da propriedade, eles estão em contraste. Sinto que a escala traz mais atração como mercado e país para os investidores”, completa o executivo.

lavoura de tomate
Foto: Divulgação

Com sua chegada no Brasil, a SML traz aos produtores locais soluções tecnológicas mais sustentáveis, avançadas e econômicas para atender às suas mais variadas necessidades. As ferramentas da multinacional oferecem melhor gerenciamento de culturas com dosagens baixas, portanto, vivem de acordo com o mantra “mais com menos”. “Estamos nos esforçando para oferecer tecnologias que melhor se adaptem às práticas da classe produtora e, ao mesmo tempo, sejam muito eficazes para proporcionar mais rendimentos às colheitas. O nosso compromisso com práticas sustentáveis tem o potencial de remodelar o panorama da agricultura para um futuro mais resiliente e ambientalmente consciente”, destaca o Managing Director.

Globalmente a SML aspira ser reconhecida como fornecedora de soluções tecnológicas e sustentáveis para uma agricultura moderna e responsável. A médio e longo prazo, pensando em novos mercados, a companhia está concentrada no crescimento orgânico, além de possíveis parcerias estratégicas, fusões e aquisições.

Com a chegada bem-sucedida no mercado brasileiro, a estratégia da indiana agora é explorar e expandir suas operações B2C para outros países da América Latina. “De certa forma, o Brasil serviria como porta de entrada e seria o centro de nossa estratégia de expansão na região”, lembrou o executivo.

Fábrica da SML em Panoli (Gujarat), índia
Fábrica da SML em Panoli (Gujarat), índia

Já globalmente a SML está investindo para ser reconhecida mundialmente como líder em inovações tecnológicas. “Estamos aportando recursos nas principais geografias, investindo na expansão de capacidade e na compra de ativos (registros). Atualmente estamos presente em mais de 80 países através de operações B2B. Servimos a comunidade agrícola global há mais de 30 anos com soluções agrícolas sustentáveis”, finaliza o Shah.

Quer ficar por dentro do agronegócio brasileiro e receber as principais notícias do setor em primeira mão? Para isso é só entrar em nosso grupo do WhatsApp (clique aqui) ou Telegram (clique aqui). Você também pode assinar nosso feed pelo Google Notícias

Não é permitida a cópia integral do conteúdo acima. A reprodução parcial é autorizada apenas na forma de citação e com link para o conteúdo na íntegra. Plágio é crime de acordo com a Lei 9610/98.

Siga o Compre Rural no Google News e acompanhe nossos destaques.
LEIA TAMBÉM