Preços da arroba do boi gordo cedendo

Preços da arroba do boi gordo cedendo

PARTILHAR
Foto: Confinamento Monte Alegre. (Reprodução: CompreRural)

Mercado do boi gordo trabalhando com viés de baixa. O aumento da oferta de gado confinado e o dólar perdendo força abrem espaço para que os frigoríficos pressionem as cotações do boi gordo.

Na última quarta-feira (17/10), por exemplo, o dólar chegou a trabalhar abaixo do patamar de R$3,70. Essa valorização do real diminuiu a competitividade da carne brasileira no mercado internacional, apertando a margem dos frigoríficos que exportam.

Apesar de apenas uma parte dos frigoríficos trabalhar com o mercado externo, a pressão de baixa se dispersa e as demais indústrias acompanham a movimentação dos preços.

Em São Paulo, o aumento da disponibilidade de boiadas fez com que as escalas andassem e agora alguns frigoríficos aproveitam para tentar ofertar preços até R$3,00 abaixo da referência pela arroba.

Em Goiás, a pressão é mais intensa, principalmente na região Sul do estado. Por lá o preço do boi caiu e a arroba, que no começo da semana era negociada, em média, por R$143,00, é negociada hoje ao redor de R$141,00.

O gado confinado deve continuar ajudando a indústria e o consumo deve se enfraquecer nesta segunda metade do mês. Estes fatores devem manter o cenário de preços fracos.

Fonte: Scot Consultoria

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com