Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?

Preços da soja no Brasil despencam com terceira queda seguida de Chicago

Os contratos futuros da soja negociados na Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT) fecharam a quinta-feira com preços mais baixos, pela terceira sessão seguida.

Os preços da soja despencaram no Brasil nesta quinta-feira (5). Pontualmente algumas praças de comercialização mantiveram preços estáveis. O movimento foi pressionado pelas quedas do dólar e de Chicago.

Alguns lotes foram negociados, mas nada expressivo. Segundo analistas de Safras & Mercado, os agentes não têm pressa para vender. Veja as cotações:

  • Passo Fundo (RS): a saca de 60 quilos caiu de R$ 185,00 para R$ 184,00
  • Região das Missões: a cotação baixou de R$ 184,00 para R$ 183,00
  • Porto de Rio Grande: o preço recuou de R$ 189,00 para R$ 187,00
  • Cascavel (PR): o preço passou de R$ 179,50 para R$ 173,50
  • Porto de Paranaguá (PR): a saca teve retração de R$ 186,00 para R$ 180,00
  • Rondonópolis (MT): a saca caiu de R$ 166,00 para R$ 164,00
  • Dourados (MS): a cotação seguiu em R$ 172,00
  • Rio Verde (GO): a saca decresceu de R$ 167,00 para R$ 163,00

Soja em Chicago

Os contratos futuros da soja negociados na Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT) fecharam a quinta-feira com preços mais baixos, pela terceira sessão seguida. O desempenho do mercado financeiro e as preocupações com a economia mundial e com a demanda chinesa pressionaram as cotações.

O mercado segue atento à questão do clima na Argentina e no sul do Brasil. Após as recentes chuvas, as previsões indicam retorno do clima seco nos próximos dias.

Os contratos da soja em grão com entrega em março fecharam com baixa de 12,75 centavos ou 0,85% a US$ 14,70 3/4 por bushel. A posição maio teve cotação de US$ 14,77 1/2 por bushel, com perda de 12,50 centavos de dólar ou 0,83%.

Nos subprodutos, a posição março do farelo fechou com alta de US$ 2,20 ou 0,47% a US$ 464,90 por tonelada. No óleo, os contratos com vencimento em março fecharam a 62,42 centavos de dólar, com perda de 0,43 centavo ou 0,68%.

Câmbio

O dólar comercial encerrou em queda de 1,85%, sendo negociado a R$ 5,3510 para venda e a R$ 5,3490 para compra. Durante o dia, a moeda norte-americana oscilou entre a mínima de R$ 5,3510 e a máxima de R$ 5,4300.

Fonte: Agência Safras

Quer ficar por dentro do agronegócio brasileiro e receber as principais notícias do setor em primeira mão? Para isso é só entrar em nosso grupo do WhatsApp (clique aqui) ou Telegram (clique aqui). Você também pode assinar nosso feed pelo Google Notícias

Não é permitida a cópia integral do conteúdo acima. A reprodução parcial é autorizada apenas na forma de citação e com link para o conteúdo na íntegra. Plágio é crime de acordo com a Lei 9610/98.

Siga o Compre Rural no Google News e acompanhe nossos destaques.
LEIA TAMBÉM