Preços do milho avançam em meio a baixa oferta

PARTILHAR
Foto: Divulgação

Mercado físico do milho os preços continuam a avançar com a demanda ativa e na B3, o vencimento jan/22 ficou valendo R$ 94,94/sc, valorização diária de 0,66%.

No mercado físico do milho os preços continuam a avançar com a demanda ativa em virtude da menor produção de milho 1ª safra com a saca em Campinas em R$ 95,00. Na B3, o vencimento jan/22 ficou valendo R$ 94,94/sc, valorização diária de 0,66%.

Em Chicago, o fortalecimento do petróleo torna o etanol feito de milho mais competitivo no mercado americano, pressionando elevações para os futuros do cereal. O vencimento mar/22 valorizou 0,21% e ficou cotado a US$ 6,01/bu.

Boi Gordo

Com as escalas levemente mais confortáveis, os frigoríficos passaram o dia em observação. Algumas plantas ainda realizaram negócios de R$ 350,00/@ para animais destinados à China, entretanto, há dúvidas quanto à força para o rompimento desta barreira a curto prazo. Na B3, o contrato futuro do boi gordo com vencimento para jan/22, encerrou o dia cotado a R$ 339,25/@, desvalorizando -0,47% no comparativo diário.

No mercado atacadista de carne bovina, alguns dos principais cortes bovinos comercializados passaram por reajustes positivos nesta terça-feira, como a ponta de agulha e o dianteiro, entretanto a carcaça casada bovina permanece cotada em R$20,50/kg. De modo geral, os preços permanecem firmes e com patamares elevados, mesmo com o escoamento evoluindo de forma lenta.

Soja

Com o dólar recuando para próximo dos R$ 5,58, a soja passa por desvalorização no mercado físico brasileiro. Em Paranaguá/PR, a oleaginosa é comercializada na casa dos R$ 178,00/sc.

Na CBOT, os futuros passaram por ligeira alta na terça-feira influenciados pelo enfraquecimento do dólar e movimento de correção técnica pré-USDA. O vencimento jan/22 ficou avaliado em US$ 13,77/bu, valorização de 0,15%.

Fonte: Agrifatto

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.