Maior prédio do mundo confina 650.000 suínos; Vídeo

Prédio abriga maior rebanho suíno do mundo. O complexo inovador está sendo chamado de “Palácio do Porco”. É a maior granja de suínos de um só edifício do mundo, com capacidade para abater 1,2 milhão de suínos por ano.

Já imaginou um prédio gigante abrigando suínos? O complexo inovador está sendo chamado de “Palácio do Porco”. A fazenda vertical é capaz de abrigar mais de 650 mil animais. O governo afirma que a fazenda tem “eficiência de trabalho, preocupação ecológica e menor custo de produção“, de acordo com reportagem publicada no “Sun”. A fazenda de porcos “moderna”, a primeira de muitas que estão surgindo em todo o país, foi introduzida em meio a um aumento na demanda da China por carne suína.

A Zhongxin Kaiwei Modern Farming, na província central de Hubei, na China, está criando porcos em um prédio de 26 andares com tecnologias avançadas e um sistema de controle central. Eles terão 20.000 suínos reprodutores e podem produzir de 600.000 a 1,2 milhão de suínos por ano. Fica na cidade de Enzou, cerca de 500 milhas a oeste de Xangai. É uma instalação de $ 500 milhões com 800.000 metros quadrados de espaço.

https://www.comprerural.com/carne-mais-cara-do-mundo-dry-aged-de-wagyu-custa-us-3-200
maior granja de suínos
Maior granja de suínos

Esta é a criação de suína na China, onde as terras agrícolas são escassas, a produção de alimentos está atrasada e o fornecimento de carne suína é um imperativo estratégico. Quando o “Palácio do Porco” estiver totalmente operacional, ele será capaz de processar 100 mil toneladas de carne de uma só vez, com cerca de 1,2 milhão de abates por ano.

As primeiras matrizes chegaram no final de setembro de 2022 ao enorme edifício de 26 andares que se eleva acima de uma vila rural no centro da China. As matrizes eram levadas dezenas de cada vez em elevadores industriais para os andares superiores, onde os suínos residiam desde a inseminação até a maturidade.

Especialistas agropecuários acreditam que construir grandes fazendas como essas é uma maneira de reabastecer o seu rebanho que foi dizimado nos últimos anos pela peste suína africana.

Dentro do edifício, que se assemelha aos blocos habitacionais monolíticos vistos em toda a China e é tão alto quanto a torre londrina que abriga o Big Ben, os animais são monitorados por câmeras de alta definição por técnicos uniformizados em um centro de comando semelhante à NASA. 

Cada piso funciona como uma exploração autônoma para as diferentes fases da vida de um leitão jovem: uma área para porcas prenhes, uma sala para leitões paridos, locais para aleitamento e espaço para engorda dos suínos. Os animais são alimentados automaticamente por meio de botões em uma sala de controle central, e os dejetos dos porcos são usados ​​para gerar calor e energia.

A ração é transportada em uma correia transportadora até o último andar, onde é coletada em tanques gigantes que entregam mais de um milhão de libras de comida por dia para os andares abaixo por meio de comedouros de alta tecnologia que distribuem automaticamente a refeição aos animais com base em sua fase da vida, peso e saúde.

maior granja de suínos
Maior granja de suínos

Daisuke Wakabayashi e Claire Fu , dois jornalistas do New York Times relataram que:

“Os porcos são monitorados por câmeras de alta definição por técnicos uniformizados em um centro de comando semelhante à NASA. Cada andar funciona como uma fazenda independente para as diferentes fases da vida de um leitão jovem: uma área para porcas prenhes, uma sala para leitões paridos, locais para amamentação e espaço para engorda dos porcos.

“A ração é transportada em uma correia transportadora até o último andar, onde é coletada em tanques gigantes que entregam mais de um milhão de libras de comida por dia para os andares abaixo por meio de comedouros de alta tecnologia que distribuem automaticamente a refeição aos porcos com base em sua fase da vida, peso e saúde”.

Confira o vídeo que mostra a maior granja de suínos

A China poderia lidar com toda a sua criação nacional de suínos em cerca de 400 prédios altos.

China e a nova era da pecuária

A China agora está construindo fazendas de suínos de vários andares em vários locais. Um prédio de 26 andares em Ezhou, província de Hubei, pretende produzir 1,2 milhão de porcos por ano para abate e abrigar 650.000 animais em seus 800.000 metros quadrados. Isso segue-se a projetos como um canteiro de 21 edifícios em Nanyang, província de Henan, que abriga 84.000 porcas e seus filhotes, e um complexo de edifícios de vários andares na montanha Yaji, província de Guangxi, com capacidade para produzir 840.000 porcos por ano. 

Apesar das diretrizes do governo que pedem a redução do consumo de carne pela metade até 2030, a demanda por carne continua a aumentar. Ao longo da história, a China sofreu escassez de alimentos, mais recentemente durante a Grande Fome Chinesa entre 1959 e 1961, que deixou milhões de mortos. A segurança alimentar é, portanto, considerada primordial para a China, especialmente porque atualmente a China só pode produzir cerca de 65,8% de suas necessidades alimentares, abaixo dos 93,6% em 2000 . A crise da Covid nos últimos anos também mostrou vulnerabilidade tanto na produção quanto na distribuição de alimentos. 

A carne suína é responsável por pouco mais de um terço do total de carne consumida no mundo. Atualmente, mais da metade da carne suína do mundo é consumida pela China. Aproximadamente 110 milhões de toneladas de carne de porco são produzidas e consumidas por ano, em diferentes cortes. Os chineses, os maiores consumidores no planeta, comem, em média, 30 quilos de carne suína por ano. No Brasil, os habitantes comem, em média, 12 quilos.

Foto: The Guardyan

‘Agricultores brasileiros são os mais sustentáveis do mundo’, diz especialista

A sustentabilidade no agronegócio brasileiro não é apenas uma meta a ser alcançada, mas uma realidade já consolidada em diversos aspectos. O Brasil se destaca globalmente pela adoção de práticas agrícolas que preservam o meio ambiente, ao mesmo tempo em que aumentam a produtividade e a competitividade do setor; confira

Continue Reading ‘Agricultores brasileiros são os mais sustentáveis do mundo’, diz especialista

Siga o Compre Rural no Google News e acompanhe nossos destaques.
LEIA TAMBÉM