Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?

Produção brasileira de pintos de corte segue negativo

Nos 12 meses decorridos entre junho de 2021 e maio de 2022 em apenas duas ocasiões, o volume produzido superou o que foi produzido um ano antes.

Em maio passado, pelo sexto mês consecutivo, a produção brasileira de pintos de corte registrou resultado negativo em relação ao mesmo mês do ano passado. Aliás, nos 12 meses decorridos entre junho de 2021 e maio de 2022 em apenas duas ocasiões (agosto e novembro de 2021), o volume produzido superou (mas por margem mínima) o que foi produzido um ano antes.

Em maio, conforme a APINCO, foram produzidos 557,8 milhões de pintos de corte, resultado 0,88% inferior ao de maio de 2021. Considerada a média diária, a queda em relação ao mês anterior foi de 4,76%.

Com o último resultado, o total acumulado nos cinco primeiros meses de 2022, pouco superior a 2,755 bilhões de cabeças, representa redução anual de 3,24%. Já o acumulado nos últimos 12 meses, perto de 6,840 bilhões de pintos de corte, se encontra 1,69% abaixo do produzido em idêntico período anterior.

Fonte: Avisite
Siga o Compre Rural no Google News e acompanhe nossos destaques.
LEIA TAMBÉM