Produtores vão invadir Brasília em apoio a Bolsonaro

Produtores vão invadir Brasília em apoio a Bolsonaro

PARTILHAR

Produtores rurais fazem manifestação domingo em Brasília; Chamada de Marcha do Agro Para Brasília, ela terá inicio no dia 14 de junho e apoia o presidente.

Produtores rurais de vários estados programaram para este domingo 14, a partir das 14 horas, um ato em apoio ao governo do presidente Jair Bolsonaro, em frente do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Durante a manifestação, eles também pretendem reforçar as reivindicações por solução para o endividamento rural e a eliminação do passivo do Funrural. Os dois temas têm mobilizado agricultores país afora há pelo menos dois anos e meio.

Os produtores estão convocando a chamada Marcha do Agro a Brasília, principalmente por meio de grupo de WhatsApp, há algumas semanas. Alguns já estão na Esplanada dos Ministérios desde o início do mês, juntamente com outros simpatizantes do presidente.  Além do apoio ao Bolsonaro, eles também reforçam o chamamento com o slogan “Securitização, sim; Funrural, não.”

Um dos produtores que está a caminho de Brasília esclarece que a base rural reconhece que o endividamento agrícola – calculado em cerca de R$ 600 bilhões, entre débitos com os bancos, fornecedores e cooperativas – não é resultado da política econômica do atual governo.

Porém, diz ele, isso precisa ser solucionado logo, porque há o risco de que muitos venham a reduzir as áreas cultivadas, com a consequente queda no volume das safras – ou, até mesmo, migrem para outras atividades.

Promessa de campanha

O agricultor da Região Sul, que prefere não se identificar, lembra ainda que a solução para extinção do passivo do Funrural é uma promessa de campanha de Bolsonaro. “Mas já estamos quase no fim do segundo ano do governo que ajudamos eleger e até agora não tivemos nenhuma sinalização efetiva para resolver essa questão.”

Fonte: AgroemDia

Ele defende que os produtores fiquem acampados na Esplanada dos Ministérios até que o governo apresente propostas para renegociação das dívidas com prazo que o setor consiga suportar e para eliminar o passivo do Funrural.

Até esta sexta-feira, não houve confirmação se o presidente Bolsonaro vai se encontrar com os produtores no domingo à tarde. Vários movimentos, como  o Brasil Verde e Amarelo em defesa do agro, e entidades apoiam a manifestação em Brasília.

Vídeo, da Andaterra, traz um debate sobre o tema

Com informações do Agro em Dia

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com