Programa Nelore Natural abate 1º lote com a Friboi

Programa Nelore Natural abate 1º lote com a Friboi

PARTILHAR
jose-marcio-e-marcio-de-resende-andrade-acnb
Foto: Divulgação

Fazenda Itaguassu (Maracaju, MS) abate primeiro grande lote de animais em nova fase do Programa de Qualidade Nelore Natural, parceria da Nelore com a Friboi.

O primeiro abate de bovinos da nova fase do Programa de Qualidade Nelore Natural (PQNN), resultado da recém-lançada parceria entre a Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB) e a Friboi, marca da JBS, foi realizado na unidade industrial de Maracaju (MS).

A fazenda Itaguassu, de Marcio Rezende de Andrade, inaugurou a nova fase do programa, e este célebre criador tem história: dono de um dos reprodutores que simbolizam o sucesso da raça Nelore no país: Bitelo da SS, que faleceu em 2005, aos nove anos de idade, mas antesacumulou diversos títulos e atingiu a marca de 200 mil doses de sêmen produzidas, tornando-se o reprodutor mais jovem a alcançar esse desempenho.

“Foram abatidos 100 animais machos Nelore castrados, totalizando 541 kg de peso vivo, com rendimento de 54%”, destaca José Márcio, neto de Márcio Rezende de Andrade. Que acredita que este deve ser o primeiro de muitos abates que irão fazer aderindo ao PQNN.

André Locateli, gerente executivo da ACNB, destaca a importância de ter Márcio Rezende de Andrade como associado da entidade. “ Iniciamos a parceria com a Friboi em grande estilo, tendo um dos mais tradicionais criadores de Nelore do Brasil aderindo a nova fase do PQNN. Os resultados do abate foram excepcionais em termos de qualidade de carcaça, idade, acabamento de gordura e peso dos animais abatidos. Cerca de 85% do lote se enquadraram nos padrões de premiação do Protocolo Nelore Natural, tendo animais alcançando prêmio de R$4,50 por arroba. Com a premiação recebida no abate destes animais, a fazenda de Marcio Rezende de Andrade praticamente já arrecadou o valor da anuidade da ACNB”, informa Locateli.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com