Projeto apresenta curso de Medicina Veterinária a alunos de Etecs

Projeto apresenta curso de Medicina Veterinária a alunos de Etecs

PARTILHAR
Alunos ETEC
Nas visitas, os estudantes podem conhecer mais sobre a medicina veterinária, a USP, suas formas de ingresso e auxílios de permanência, para que assim os alunos de escola pública considerem o curso como uma opção – Foto: Divulgação/Assessoria de imprensa FMVZ

Cerca de 400 estudantes e professores de 28 Escolas Técnicas Estaduais do Estado de São Paulo participaram da ação

De 1º a 11 de agosto, a Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) da USP recebeu cerca de 400 estudantes e professores de 28 Escolas Técnicas Estaduais (Etecs) de diversas regiões do Estado de São Paulo. Eles participaram do Giro Cultural da USP e de visitas monitoradas à faculdade.

A iniciativa é parte do Projeto Integração FMVZ-USP e Etecs do Centro Paula Souza, cujo objetivo é despertar nos alunos o interesse pela Medicina Veterinária e ampliar o número de ingressantes oriundos de escolas públicas na USP.

O diretor José Antonio Visintin destacou a qualidade de ensino das escolas convidadas e enfatizou a importância de se diminuir a distância entre alunos de escolas públicas, a FMVZ e a USP. “É preciso deixar claro que a Universidade é gratuita e que há facilidades de ingresso e permanência estudantil. Dessa forma, espera-se que a USP seja opção no vestibular, assim como a área Veterinária”, concluiu.

Para a coordenadora de projetos de agropecuária das Etecs, Adriana Medroni, “foi uma grande experiência para os alunos, que também tiveram a oportunidade de conhecer a USP e seus programas voltados a estudantes de escolas públicas”.

Força-tarefa

Estudantes visitam a Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, na Cidade Universitária
Estudantes visitam a Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, na Cidade Universitária – Foto: Divulgação/Assessoria de imprensa FMVZ

Liderada pelo diretor José Antonio Visintin, foi formada uma equipe de 65 anfitriões entre nove docentes, 19 funcionários, 15 residentes e 22 embaixadores (que são alunos ​ voluntários da FMVZ​, treinados para contribuir em projetos dessa natureza).

A equipe se empenhou e se revezou na organização e realização das diversas atividades da recepção aos professores e alunos.

Programação

Os estudantes visitaram o Museu de Anatomia Veterinária, as clínicas de pequenos animais, equinos, bovinos, os laboratórios do Departamento de Reprodução Animal e o Hospital Veterinário. No Giro Cultural, conheceram as unidades da USP, a Praça do Relógio e visitaram a exposição Terra Papagalli, no prédio da Reitoria.

Após almoço no Restaurante ​Central da USP, os visitantes conheceram os alojamentos do Conjunto Residencial e a Biblioteca Brasiliana.​

A programação incluiu ainda palestra com o diretor da FMVZ sobre os objetivos do projeto; cenário das grandes áreas da Medicina Veterinária; áreas de atuação do médico veterinário; o curso, história e estrutura da FMVZ; a USP e as novas regras e facilidades para ingresso de estudantes de escolas públicas e programas de auxílio à permanência estudantil.

Um vídeo produzido pela Pró-Reitoria de Graduação da USP para a campanha #vocetambempode, que tem objetivos similares aos do projeto de integração com as Etecs, foi exibido aos visitantes.

No final de cada dia das visitas, os embaixadores ​da FMVZ (​entre alunos de escolas públicas e particulares​)​, contaram suas experiências sobre a preparação para o vestibular, escolha da profissão, envolvimento e compreensão da família e opção pela USP. Os visitantes se despediram com o compromisso de levar as informações que receberam ao maior número de pessoas possível.

Além de apresentar aos estudantes de escolas públicas o curso de Medicina Veterinária da USP, a iniciativa também pretende criar laços com professores da rede pública e oferecer diversas ferramentas de formação para alunos e docente
Além de apresentar aos estudantes de escolas públicas o curso de Medicina Veterinária da USP, a iniciativa também pretende criar laços com professores da rede pública e oferecer diversas ferramentas de formação para alunos e docentes – Foto: Divulgação/Assessoria de imprensa FMVZ

Participantes

Foram cerca de 400 alunos que poderão compartilhar sua experiência da visita à FMVZ com outros colegas
Foram cerca de 400 alunos que poderão compartilhar sua experiência da visita à FMVZ com outros colegas – Foto: Divulgação/Assessoria de imprensa FMVZ

As escolas visitantes das Etecs do Centro Paula Souza da cidade de São Paulo foram dos bairros de Guaianazes, Ipiranga, Itaquera, Mooca e Santa Ifigênia. As visitantes do interior do Estado foram das cidades de Andradina, Cabrália Paulista, Cafelândia, Cândido Mota, Cerqueira César, Espírito Santo do Pinhal, Franca, Garça, Garça Urbana, Igarapava, Jacareí, Mirassol, Osasco, Paraguaçu Paulista, Penápolis, Presidente Prudente, Rancharia, Rio das Pedras, Santa Cruz do Rio Pardo, São Simão e Vera Cruz.

Todas as escolas receberam os volumes publicados da Enciclopédia Agrícola Brasileira, oferecidos pela Editora da USP (Edusp).

Antes das visitas dos alunos, os coordenadores do projeto de integração entre a FMVZ e as Etecs se reuniram com os diretores das escolas na sede do Centro Paula Souza, no dia 5 de julho. Na ocasião foram apresentados os objetivos da iniciativa e a programação planejada para as visitas.

No dia 25 de julho, foi a vez dos professores ​visitarem a FMVZ e conhecerem o projeto. A faculdade recebeu 36 docentes que levaram para suas respectivas escolas material de divulgação sobre a profissão de médico veterinário, sobre o curso de Medicina Veterinária da FMVZ, o Museu de Anatomia ​Veterinária ​e a Biblioteca Virginie Buff D’Ápice.

Capacitação

Também faz parte do projeto a capacitação de professores das escolas técnicas no curso Temáticas da Área Veterinária como Suporte ao Planejamento de Aulas de Biologia no Ensino Integrado. Um curso sobre preparação de coleções didáticas está sendo desenvolvido em parceria com Adriana Mendroni e será coordenado pelo professor Francisco Javier Hernandez Blázquez, do Departamento de Cirurgia da FMVZ.

Será oferecido a 40 professores de Biologia, nos dias 19 e 20 de outubro, e apresentará técnicas de preparação e conservação de materiais biológicos para uso em laboratórios e sala de aula.

Ao longo dos trabalhos, diretores e professores puderam apresentar seus interesses em assuntos e parcerias. Entre essas demandas, destacam-se a possibilidade de novas visitas, intercâmbio de estudantes, pré-iniciação científica, desenvolvimento de material didático e cooperação técnica.

Fonte: Jornal da USP