Projeto quer aumentar o número de delegacias rurais

Projeto quer aumentar o número de delegacias rurais

PARTILHAR
policia-rural
Foto Divulgação

Projeto prevê instalação de delegacias rurais em municípios com mais de 95 mil habitantes, proposta é aumentar a segurança na zona rural dos municípios.

segurança no campo é uma das maiores preocupações do governo e dos representantes do setor e um passo importante foi dado nesta quarta-feira (8) com a aprovação do Projeto de Lei (PL) 365/2019 pela Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados.

O projeto, de autoria do presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), deputado Alceu Moreira (MDB-RS), trata sobre a criação de delegacias especializadas em crimes rurais contemplando municípios que tenham acima de 95 mil habitantes.

“A insegurança no campo atingiu níveis inaceitáveis, precisamos agir com rapidez e eficiência para mitigarmos esse problema que aflige as famílias que residem no campo e trabalham para produzir alimentos,” defendeu o autor do projeto das delegacias rurais.

De acordo com ele, com a implantação das delegacias rurais será priorizado o atendimento aos crimes praticados no meio rural, realizando ações investigativas e preventivas dos delitos. Segundo dados da Confederação Nacional da Agricultura (CNA), nos últimos dois anos foram registrados dados alarmantes sobre a segurança no campos, citando como exemplo os estados de Minas Gerais, Goiás e Mato Grosso, que apenas em dois anos registraram 70.966 furtos e roubos, sem contar casos em que a vítima não registra boletim de ocorrência.

A expectativa é de que o projeto atenda a 333 municípios em todo o país.  A ideia é instalar delegacias em regiões que ficam mais afastadas das capitais e das aglomerações urbanas.

“É imprescindível que o poder público adote medidas para levar a essas populações e ao setor produtivo as condições de segurança que eles tanto necessitam”, finalizou o deputado Alceu Moreira.

Fonte: Giro Rural

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com