Proteínas e laticínios podem ajudar a reduzir risco de diabetes

Proteínas e laticínios podem ajudar a reduzir risco de diabetes

PARTILHAR
Foto Divulgação.

Cientistas associaram um maior consumo de proteínas e laticínios a um menor risco de diabetes. Em contrapartida, alimentos ricos em calorias foram ligados a um maior risco de diabetes.

A diabetes é um problema de saúde crescente em muitos países e que sem tratamento pode levar a cegueira, falência dos rins, problemas cardíacos, entre outros.

Para além dos fatores genéticos, a diabetes é em grande parte associada aos hábitos alimentares. Por isso mesmo, é importante perceber que alimentos nos podem colocar em maior risco.

Um estudo publicado este ano na revista científica Journal of Public Health mostra uma associação entre o consumo de proteínas e laticínios e um menor risco de diabetes. Por outro lado, o consumo de alimentos ricos em calorias como o açúcar e o mel foram associados a um risco crescente.

Para chegarem a estes resultados, os cientistas compararam os hábitos de consumo e o número de diabéticos em várias regiões da Índia. Por exemplo, a diabetes era mais comum em estados como Bengala Ocidental e Kerala onde a população tem uma dieta menos vegetariana. D

e acordo com o Tech Explorist, isto acontece porque uma dieta vegetariana ajuda no controlo da diabetes, tornando o corpo sensível à insulina.

A diabetes era também mais recorrente em estados urbanos, comparativamente a estados rurais. Assim sendo, a urbanização pode ser um fator importante para o crescente número de diabéticos.

A diabetes também se revelou mais comum nos homens do que nas mulheres — assim como já tinha sido demonstrado em estudos anteriores.

Na Índia, a diabetes é um problema preocupante, com cerca de 6,9% dos adultos com idades entre os 15 e os 49 anos a terem a doença. Também se mostrou mais comum no estado de Andaman e nas Ilhas Nicobar.

Esta prevalência de diabetes nestas regiões mostrou ser uma curiosidade para V. Mohan, diretor do Madras Diabetes Research Foundation.

“Valeria a pena explorar se quaisquer fatores genéticos ou ambientais contribuem para isso“, disse Mohan.

Fonte: Zap

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com