Quebra da safra de soja pode favorecer a armazenagem em 2018

Quebra da safra de soja pode favorecer a armazenagem em 2018

PARTILHAR

Perspectiva é que a estratégia garanta ganhos ao produtor

Armazenar grãos para comercialização posterior tem sido a escolha de diversos produtores ao longo dos anos. Ainda que em 2017 esta opção não tenha sido tão lucrativa, a previsão é que para o ano de 2018 o cenário seja um pouco diferente, oferecendo preços melhores para quem optar por “segurar” a produção.

Segundo dados coletados pelo SIARMA – Sistema de Informações de Armazenagem, ferramenta desenvolvida pelo ESALQ-LOG – Grupo de Pesquisa e Extensão em Logística Agroindustrial, a previsão é que em 2018 o produtor pode ter benefícios com a utilização da armazenagem. Os dados indicam que, de forma geral, a escolha pelo armazenamento da soja neste ano servirá como estratégia de comercialização, gerando receitas maiores, diferente do que foi observado em 2017, onde os números aumentaram apenas no mês de julho, em que foram registrados ganhos de R$ 1,21. Em outros meses, como abril e setembro por exemplo, aconteceram perdas, com valores de R$ 4,22 e R$ 3,14 por saca, respectivamente.

De acordo com o pesquisador do ESALQ-LOG, Fernando Rocha, esse aumento nas receitas previsto para o ano de 2018, acontece devido a perspectiva de quebra de safra em algumas regiões do Brasil e também na Argentina, já que o preço da soja negociado no mercado internacional tende a ter uma pressão maior e passar a operar em patamares mais altos do que o ano passado. “É provável que o produtor possa se beneficiar de uma comercialização tardia nesse ano, durante os meses de entressafra, dado a expectativa de uma reação nos preços do grão. Por outro lado, devemos destacar a existência de estoques elevados no mercado mundial, o que deverá fazer com que o preço não se eleve tanto quanto o esperado”, explica Rocha.

Os dados apresentados fazem parte de um simulador que analisa as estratégias de utilização da armazenagem, com dados referentes ao ano de 2017. Parte integrante do projeto SIARMA, essa plataforma apresenta uma análise histórica dos anos entre 2007 e 2017 sobre a obtenção de ganhos comerciais com a utilização da armazenagem, por parte dos produtores e exportadores de soja no Brasil. Muitas simulações podem ser feitas com a utilização da planilha atualizada e disponibilizada para download no site do ESALQ-LOG: http://esalqlog.esalq.usp.br

Fonte: ESALQ-LOG

-- conteúdo relacionado --

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com