Queda nas exportações pressiona os preços no mercado interno

Queda nas exportações pressiona os preços no mercado interno

Foto: Divulgação

As exportações brasileiras de carne suína in natura iniciaram o ano em ritmo lento.

Até a terceira semana do mês, o país embarcou 26,7 mil toneladas do produto, segundo o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços.

A média diária exportada foi de 1,9 mil toneladas, queda de 23,0% na comparação com o embarcado diariamente em janeiro de 2017.

Caso este ritmo continue, o volume embarcado no acumulado no mês deverá ficar próximo de 42,0 mil toneladas.

Este menor ritmo nas exportações tem colaborado com a pressão de baixa no mercado interno. Desde o início de janeiro nas granjas paulistas, o animal terminado desvalorizou 8,1% e a carcaça no atacado teve queda de 11,3%.

Fonte: Scot Consultoria

-- conteúdo relacionado --
Raça Girolando desperta interesse do Paquistão Depois das Filipinas e de Cuba, mais um país demonstrou interesse em importar genética da raça Girolando O presidente da Associação Brasileira dos Cr...
Mercado do boi trabalha com demanda fraca e oferta... A oferta de boiadas não está grande, porém, a volta gradativa dos pecuaristas aos negócios tem aumentado a disponibilidade de bovinos terminados. No ...

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com