Raça Irish Moiled tem mitos, lendas e apreço Viking; veja fotos

PARTILHAR
raca irish moiled -- vinking
Foto: Divulgação

A Irish Moiled é uma das raças mais antigas do mundo moderno e foi selecionada naturalmente; infelizmente encontra-se na lista com risco de extinção

A Irlanda, além de ser o destino de muitos brasileiros que decidem sair do Brasil para ganhar a vida, é um pequeno país que fica no extremo noroeste da Europa. Seu território não está fisicamente ligado à Europa, tendo em vista que ocupa uma grande ilha situada a oeste do Reino Unido e sua população é de aproximadamente 4,5 milhões de habitantes.

Você já deve ter ouvido falar dos Vikings, e conhecer a Irlanda também é aprender um pouquinho sobre eles. OS Vikings chegaram no país a partir do ano 795, em pequenos grupos, atacando cidades próximas da costa. Eles saqueavam mosteiros e vilas e, em seguida, voltavam rapidamente para seus navios e foi durante essas aventuras que eles levaram animais da raça Irish Moiled.

Raça Irish Moiled tem mitos e lendas além do apreço Viking
Foto: Irish Moiled Cattle Society

História da raça Irish Moiled – Os mitos e lendas da Irlanda referem-se em inúmeras ocasiões ao “gado vermelho de lombo branco” e os restos ósseos sem chifres foram datados em 640 d. C. Acredita-se que os Vikings levaram o gado Moiled da Irlanda em torno do ano 1000 d.C. e hoje em dia na Escandinávia pode-se encontrar gado sem chifres com marcas de cor semelhantes ao Moiled que lá começou a ser chamada de East Finn.

Pesquisas mostraram que o Irish Moiled tem uma longa ancestralidade na Irlanda. Escavações arqueológicas e literatura irlandesa antiga apontam para gado sem chifres estar na Irlanda desde os tempos pré-históricos. O nome da raça origina-se da palavra ‘maol’ (língua gaélica escocesa) que significa ‘vaca sem chifres’, mocha.

Caracterizada pela dupla aptidão, os animais produzem carne de qualidade e muito leite. Segundo seus criadores, a Irish Moiled é uma das raças bovinas nativas mais distintas e raras da Terra, já que com a introdução de raças especificas para leite e carne seu número começou a diminuir bastante, beirando a extinção. Na década de 70 o número de animais chegou a ser de 30 fêmeas e 2 machos, preservado por dois criadores.

Raças Autóctones

A Irish Moiled é o resultado da evolução com a finalidade de se adaptarem aos meios onde vivem, as raças autóctones são parte integrante do meio rural, onde têm um papel importantíssimo no equilíbrio dos ecossistemas. As raças autóctones foram sendo seleccionadas empiricamente pelas populações por forma a satisfazerem as suas necessidades alimentares (carne, leite e ovos), de trabalho (tracção e transporte) e de vestuário (peles, lã e penas).

Raça Irish Moiled quase desapareceu

Em 1979 a raça chegou a a entrar na lista de extinção, entretanto entusiastas começaram a trabalhar ativamente na preservação dos animais para que o plantel continuasse fazendo parte da pecuária irlandesa.

Raça Irish Moiled tem mitos e lendas além do apreço Viking
Foto: Irish Moiled Cattle Society

Sobre a raça Irish Moiled

O Irish Moiled é mocho, como já dissemos está no nome, e tem pelagem avermelhada com uma linha branca bem característica no lombo e partes inferiores brancas com orelhas e nariz vermelhas. Mas podem variar do branco com orelhas e nariz vermelhas até quase tudo vermelho. A cara é muitas vezes ruana ou malhada.

Irish Moiled Cattle Society
Foto: Irish Moiled Cattle Society

As fêmeas são de tamanho médio (uma vaca adulta pode pesar até 650 kg) e geralmente são fáceis de lidar com um temperamento bastante dócil. Os animais também são facilmente mantidos com pouca oferta de pastagem, são bem menos exigentes que muitas raças. As vacas são bem férteis e seu intervalo entre partos normalmente é de 365 dias, e podem permanecer no rebanho por mais de 10 anos tranquilamente, algumas superam os 15 anos.

Irish Moiled Cattle Society 1
Foto: Irish Moiled Cattle Society

Os criadores comentam sobre sua ótima capacidade de consumir e digerir grandes quantidades de forragem de pior qualidade, que era a sua dieta tradicional. Eles alimentam-se facilmente, especialmente de capins nativos da Irlanda, o que os torna ideais em situações de pastagem extensiva ou de conservação. No setor do leite, registam-se rendimentos de até 5.000 litros nesses sistemas extensivos.

Animais de bons cascos, de pelagem espessa para passar tranquilamente pelo período severo de inverno que atingem as terras ao norte do país. Na maioria dos casos, será necessária silagem ou feno para passar o inverno. Suplementos minerais são aconselháveis, mas concentrados não deveriam ser necessários a não ser que as vacas comecem o inverno sem reservas de gordura.

Irish Moiled Cattle Society
Foto: Irish Moiled Cattle Society

A carne da raça é de primeira qualidade, o gado normalmente criado a pasto proporciona um sabor especial, além de obter um dos níveis mais elevados de gordura intramuscular, que por aqui tratamos como marmoreio.

Cada animal é acompanhado de um certificado emitido pela Associação dos Criadores de Irish Moiled. Esse certificado garante a pureza racial, já que a raça é uma das mais raras do mundo, é necessário preservá-la.

Confira mais algumas fotos de alguns animais da raça Irish Moiled

Irish Moiled Cattle Society
Foto: Rachel Armour
Irish Moiled Cattle Society
Foto: Irish Moiled Cattle Society
Irish Moiled Cattle Society
Foto: Rachel Armour
Irish Moiled Cattle Society
Foto: Killua Castle
Irish Moiled Cattle Society
Foto: Irish Moiled Cattle Society
Irish Moiled Cattle Society
Foto: Irish Moiled Cattle Society

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.