Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?

Reoneração da folha: FPA defende empregos e critica vetos presidenciais

15 líderes de frentes parlamentares uniram-se para subscrever um manifesto que solicita a devolução da Medida Provisória (MP) ao ministro Fernando Haddad.

Nesta terça-feira (6), a Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), em conjunto com outras 13 Frentes, manifestou o pedido de devolução da Medida Provisória (MP) 1202/23, que versa sobre a reoneração da folha de pagamento.

De acordo com a FPA, essa medida cria obstáculos à criação de empregos e tem impactos adversos no setor agropecuário, o qual representa 34% dos postos de trabalho no país.

Em uma coletiva de imprensa no Salão Verde da Câmara dos Deputados, o presidente da FPA, deputado Pedro Lupion (PP-PR), enfatizou a postura da bancada em favor da geração de empregos e da redução de custos. Lupion declarou que a reoneração da folha de pagamento constitui um entrave significativo para a criação de empregos.

Além disso, o deputado criticou os vetos presidenciais a projetos aprovados pelo Congresso Nacional, como o marco temporal e a lei de pesticidas. Ele afirmou que o governo optou por legislar e governar em sintonia com o Supremo Tribunal Federal, em detrimento do Congresso Nacional, e ressaltou a não aceitação dessa abordagem pela FPA.

Os presidentes do Senado Federal, Rodrigo Pacheco, e da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, foram destinatários de um manifesto apresentado pelas Frentes Parlamentares. Neste documento, os parlamentares instam o Congresso a defender o estado democrático de direito e as prerrogativas constitucionais.

pl dos defensivos
Foto: Divulgação

O manifesto inclui as seguintes solicitações:

  1. Devolução imediata da MP 1202/2023;
  2. Inclusão urgente na Ordem do Dia do Requerimento 4150/2023 para deliberar sobre o projeto de lei 5552/2023, que concede, de forma permanente, a autorização para o trabalho aos domingos e feriados no comércio;
  3. Promoção de discussões com a sociedade civil e as Frentes Parlamentares durante a elaboração e apreciação das Leis Complementares da Reforma Tributária.

Escrito por Compre Rural

VEJA TAMBÉM:

ℹ️ Conteúdo publicado pela estagiária Ana Gusmão sob a supervisão do editor-chefe Thiago Pereira

Quer ficar por dentro do agronegócio brasileiro e receber as principais notícias do setor em primeira mão? Para isso é só entrar em nosso grupo do WhatsApp (clique aqui) ou Telegram (clique aqui). Você também pode assinar nosso feed pelo Google Notícias

Não é permitida a cópia integral do conteúdo acima. A reprodução parcial é autorizada apenas na forma de citação e com link para o conteúdo na íntegra. Plágio é crime de acordo com a Lei 9610/98.

Siga o Compre Rural no Google News e acompanhe nossos destaques.
LEIA TAMBÉM