RS: recomendação é vacinar animais em março contra aftosa

RS: recomendação é vacinar animais em março contra aftosa

PARTILHAR
vacinacao-contra-aftosa-enchendo-pistola
Fonte:Fernando Dias / Secom-SC

Agricultura recomenda vacinar contra a aftosa na segunda quinzena de Março no RS. Confira abaixo os detalhes do pronunciamento.

A primeira etapa da campanha de vacinação da febre aftosa começa na próxima semana, em 16 de março, e vai até 14 de abril. Para evitar imprevistos, a Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr) recomenda que os produtores procurem imunizar seus animais na segunda quinzena de março. “Assim, as empresas terão uma gestão adequada de seus estoques e evitará a falta da vacina pela procura de última hora”, destaca o secretário Covatti Filho.

A etapa, que ocorre tradicionalmente em maio, foi antecipada de acordo com parecer do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e faz parte da estratégia do Estado para ser declarado como livre de aftosa sem vacinação, a fim de obter, num segundo momento, o reconhecimento internacional dessa condição pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE).

Em todo o Rio Grande do Sul, a expectativa é de que 12,6 milhões de animais sejam imunizados, entre bovinos e bubalinos de todas as idades. A dose da vacina segue a mesma das etapas anteriores, de 2 ml – a vacina passou a ser bivalente, permanecendo a proteção contra os vírus tipo A e O (removido tipo C).

Os produtores devem comprar as doses necessárias para a vacinação do seu rebanho em casas agropecuárias credenciadas pela Seapdr. Após, deverão comprovar a vacinação através da apresentação da nota fiscal até o dia 22 de abril de 2020.

A partir do dia 16 de março, a movimentação de bovídeos só poderá ser realizada mediante vacinação prévia da propriedade, obedecidos os prazos de carência.

Fonte:  Secretaria da Agricultura e da Pecuária e Desenvolvimento Rural. Foto: Fernando Dias/Seapdr.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com