PARTILHAR

São cenas assustadores, os australianos dizem que esta seca na Austrália é a pior em mais de 100 anos, muitos animais estão morrendo.

Em algumas regiões da distante Austrália as famílias de fazendeiros já não sabem mais o que fazer, a seca é extrema em boa parte do país, especialmente nas áreas rurais de QueenslandNew South Wales, regiões mais populosas e responsáveis por 1/4 do total da produção agropecuária do país. Nas últimas semanas vimos muitas notícias a respeito das ondas de calor que vêm causando problemas em várias regiões da Europa e Ásia, assim como de incêndios florestais com consequências catastróficas na Grécia e na Califórnia. No entanto, essas não são os únicos locais sofrendo com o clima maluco do planeta.

com a falta de chuvas, além da agricultura prejudicada, os fazendeiros precisam encontrar alternativas para alimentar e matar a sede do gado.

As cenas impressionantes que você pode assistir a seguir — capturadas por meio de um drone — mostram o desespero de centenas e centenas de bovinos sedentos rodeando um caminhão-pipa para conseguir beber um pouco de água e, francamente, as imagens são devastadoras. Veja:

Seca na Austrália

Muitos estão sentindo os efeitos financeiros da estiagem e, com a previsão de que o calor e a falta de chuva devem continuar, vários criadores confessaram que estão chegando ao ponto em que é mais “barato” sacrificar os animais.

Segundo o governo, o país registrou seu segundo verão mais quente da história, seguido pelo outono extremamente seco, o mais seco já registrado. Não há expectativa de melhoras, a seca na Austrália se prolongará pelos próximos meses, alguns especialistas falam em pelo menos um ano. O governo australiano já vem tomando medidas para subsidiar os fazendeiros com isso amenizando um pouco do problema.

seca na australia gado no cocho
Foto: The Guardian

O pecuarista Doolan e sua esposa Lisa tem um propriedade de 3.642 hectares, que fica perto da cidade de Toorawandi, eles tiveram que pedir ajuda aos filhos que moravam na cidade para alimentar o gado. “Este tem sido o pior ano de nossas vidas, meu velho pai sempre me disse para não ser fazendeiro, talvez seja por esse motivo, ver os animais nessa situação é de cortar o coração”. Ano passado eles registraram a escassez da chuva e prevendo a seca venderam o máximo do estoque de animais que podiam, agora passam o dia todo alimentando o gado.

“Meu velho pai não queria que eu fosse fazendeiro, agora eu sei porque”. Ambrose Doolan

A única alternativa é comprar insumos de regiões distantes no país, onde a seca não atingiu, o preço principalmente do milho sobe à medida que a seca vai se agravando (lei de oferta e procura). Muitos fazendeiros estão se endividando para salvar os animais, e pensam seriamente se conseguirão manter suas propriedades, as medidas governamentais com pacotes emergenciais (dinheiro à juros baixíssimos) está ajudando.

A previsão do tempo na região indica chuvas que nunca chegam, um fazendeiro disse que chove entre 1 ou 2 milímetros de chuva na semana o que é praticamente nada. Ele diz que precisaria de 100mm de chuva para proporcionar melhoria a longo prazo, sua  propriedade atualmente mais parece a superfície da lua, de tão seca. “Financeiramente estamos no limite, está ficando cada vez pior e não há previsão de melhora”.

Com informações do The Guardian

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Fundador e editor do Compre Rural, pós graduado em Consultoria Web, especialista SEO e aspirante a produtor rural.