Seleção afinada premia os melhores da Morfologia na Expointer

Seleção afinada premia os melhores da Morfologia na Expointer

PARTILHAR
seleção-afinada
Foto: ABCCC

Foram 18 passaportes, mais de 1700 animais avaliados e 21 jurados inseridos nesta jornada morfológica que foi o ciclo 2017.

Baias, zainas, douradilhas e coloradas. Foi em meio a uma diversidade rica de pelagens que fez-se um time de peso e muito bem selecionado. Difícil? Com certeza, mas não há como ser diferente!

Com o patamar morfo-racial atingido até aqui – e perceptível nas 18 passaportes espalhadas por diferentes lugares do Brasil – o ciclo 2017 garantiu que as apresentações da final Morfológica na Expointer mostrasse o essencial da modalidade em cada um dos 232 animais participantes.

No entanto, após dois dias de evento, os oito melhores foram extraídos para ir em direção às suas devidas escarapelas – sendo as de quatro cores conquistadas pelos grandes campeões BT Decisão II, na categoria fêmeas, e Inquisitor 1490 Maufer, na categoria machos.

O percurso de BT Decisão II começou na Prévia Morfológica, em Esteio/RS. De lá, a égua baia foi passaporteada à final e já apresentava um grande potencial para chegar ao pódio máximo. Segundo o jurado Ricardo Vieira Borges, a performance apresentada por BT Decisão na pista do Cavalo Crioulo no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio/RS, foi excepcional e preencheu todos os quesitos que a raça procura.

A comemoração para a proprietária, Mariana Franco Tellechea, no entanto, foi em dose tripla: além de Grande Campeã, sua égua foi reconhecida como Melhor Exemplar da Raça e a 4ª Melhor Fêmea, Basca Água Benta-TE, também faz parte de sua propriedade. “É o resultado de muitos e muitos anos de trabalho, uma semente muito bem plantada por meu pai, que hoje temos a honra de seguir. Eu tenho a graça de Deus de ter minha filha ao meu lado, e agora a minha primeira neta. Por isso só tenho a agradecer”, diz, emocionada, a criadora de Uruguaiana/RS.

Entre as filas dos machos, quem chamou a atenção foi o exemplar Inquisitor 1490 Maufer que, de acordo com o jurado José Francisco de Moura, possui uma linhagem genética incrível, exaltada em sua morfologia. “O pai dele é irmão inteiro de um grande campeão de Esteio/RS e da FICCC, e a mãe dele é uma égua Freio de Ouro – o que gera uma certeza de consistência para linhagens futuras”.

Suas características, assim, já haviam lhe rendido o prêmio de 3º Melhor Macho, em Bagé/RS, e agora fez com que conquistasse o maior prêmio de sua categoria. “Esse cavalo só nos trouxe alegria. E agora que chegamos ao topo, é um sonho realizado”, conta o proprietário, Luis Carlos Maeda, que levará o prêmio para uma zona de expansão na região 8: Itaporanga/SP.

A responsabilidade do último julgamento

Foram 18 passaportes, mais de 1700 animais avaliados e 21 jurados inseridos nesta jornada morfológica que foi o ciclo 2017. Foi dentro desse cenário que José Francisco Pereira de Moura, pela segunda vez no julgamento da Expointer, e Ricardo Vieira Borges, pela quinta vez na pista da final, deram o melhor de si e contribuíram muito com a raça Crioula. “É o julgamento do trabalho dos criadores de um ano inteiro ou até mesmo anos e gerações inteiras. Eu e o Zé só coroamos e intensificamos os animais de mais qualidade que se apresentaram. Isso aqui é o máximo da raça e quem pisou aqui o fez pois tinha qualidade”, exaltou Borges.

O Ciclo da Morfologia 2017 conta com o patrocínio de: Supra, Vetnil, Banrisul e Nissan.

Confira o resultado:

FÊMEAS

Grande Campeã e Campeã Égua Adulta

BT Decisão II, filha de BT Lucero e BT Comadreja; criador Condominio Flavio Bastos Tellechea e expositores Mariana Franco Tellechea e filhos; Cabanha Basca – Uruguaiana/RS

Reservada Grande Campeã e Reservada Campeã Égua Adulta

Erva Santa Cala Bassa, filha de Pirai 159 do Brazão e Adrenalina Cala Bassa; criador e expositor Marcelo Rezende Móglia, Cabanha Cala Bassa – Bagé/RS.

3ª Melhor Fêmea e Campeã Égua Menor

Balisa III do Itapororó, filha de Galo de Santa Edwiges e Queridona do Itapororó; criador e expositor Condomínio Rural Itapororó/Santa Marta – Itaqui/RS.

4ª Melhor Fêmea e Reservada Campeã Égua Menor

Basca Água Benta-TE, filha de BT Delantero e Basca Sorte Grande; criadores e expositores Mariana Tellechea e filhos; Cabanha Basca – Uruguaiana/RS.

MACHOS

Grande Campeão e Campeão Cavalo Adulto

Inquisitor 1490 Maufer, filho de Piraí 1569 do Brazão e OBS Bailanta; criadores Mauricio e Fernando Lampert Weiand e expositor Luiz Carlos Maeda; Cabanha Santa Larissa – Itaporanga/SP.

Reservado Grande Campeão e Campeão Cavalo Menor

KT Amanhecer, filho de Indio do Boeiro e KT Peleia; criadores e expositores Alfredo, Guilherme e Diego Tellechea; Cabanha KT – Uruguaiana/RS.

3º Melhor Macho e Reservado Campeão Cavalo Adulto

Dom Ruan de São Pedro, filho de BT Delantero e Morena de São Pedro; criador Eduardo Macedo Linhares e expositor José Valmir Silveira D’Ávila; Cabanha JLV – Santa Margarida do Sul/RS.

4º Melhor Macho e 3º Melhor Cavalo Adulto

Dito e Feito Cala Bassa, filho de Piraí 1569 do Brazão e Tacada Cala Bassa; criador Marcelo Rezende Móglia e expositores Marcelo Móglia, José Luis Pons, Alexa Erenhart e Eduardo Linhares; Cabanha Cala Bassa, Santa Angela, Miramonte e GAP São Pedro – Aceguá/RS.

Fonte: Cavalo Crioulo

PARTILHAR