Senar faz balanço da pecuária de corte em 2018

Senar faz balanço da pecuária de corte em 2018

PARTILHAR
Nelore-Marca-11-Pecuaria-de-resultados novilhas
Foto: Nelore Marca 11

Relatório mostra que valorização da arroba fica abaixo da inflação mesmo com exportações aquecidas.

Confira relatório do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural junto a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).

Após a crise econômica dos últimos   anos, a recuperação do poder de compra do consumidor esboçava um ano promissor para2018. Porém, a retomada do mercado interno não teve o impacto projetado. No campo, a maior oferta de fêmeas para abate, devido à virada do ciclo pecuário, permitiu maior negociação por parte dos frigoríficos, levando à redução dos preços.

Em julho, com exportação aquecida e redução de animais confinados, em razão do alto custo operacional e baixas margens de lucro, restringiu a oferta de animais gordos, contribuindo para valorização da @ bovina. Porém, após agosto, com relações de trocas favoráveis, uma maior quantidade de animais foi terminada em confinamento, sendo abatida entre outubro e novembro, contribuindo para retração da @. Na média de 2018, a @ valorizou 4% acima dos registros de 2017, porém, abaixo da inflação (IGP-DI)

resultados-da-pecuaria-de-corte-2018
Fonte: Senar / CNA

O ano de 2018 representou a virada do ciclo pecuário, causada pela maior oferta de bois gordos em 2016/17 que culminou na redução do preço da @ e consequente queda da demanda de bezerros, levando ao maior abate de fêmeas no 1º semestre.

Perspectivas de 2019

Aumento das exportações deve contribuir para a valorização da @

O abate do excedente de animais gordos em 2017 e 2018 manterá a disponibilidade de animais enxuta, dependendo, principalmente, do aquecimento da economia para valorização da @ bovina.

A expectativa de aumento da exportação, que representou 20% da produção nos anos anteriores (17/18), poderá gerar maior demanda pelo lado da indústria, possibilitando negociação de valores acima do projetado pelo mercado.

A exportação de animais vivos é uma oportunidade de melhor remuneração ao pecuarista. Para 2019 é esperado um aumento de 20% nesse mercado. A inclusão do Irã na lista de parceiros agrega 100 mil cabeças de gado na projeção.

Já no mercado internacional de carne bovina, a recuperação do mercado russo, abertura da Indonésia e Kuwait, ampliação prevista pra Tailândia, Canadá e Taiwan, podem agregar em 8,3% o volume embarcado, acima do previsto.

perspectivas-para-2019-da-pecuaria-de-corte
Fonte: Senar / CNA
perspectivas-para-2019-da-pecuaria-de-corte
Fonte: Senar / CNA

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.