Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?

Senar tem prioridades com foco em melhorias para produtores rurais catarinenses

Com relação ao aprendizado e crescimento, o Senar/SC terá como prioridades implantar ações de atração, seleção e formação da equipe técnica e suporte;

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/SC), órgão vinculado à Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (Faesc), tem como missão realizar a educação profissional, a assistência técnica e as atividades de promoção social das pessoas do meio rural, contribuindo para um cenário de crescente desenvolvimento da produção sustentável da competitividade e de avanços sociais no campo.

Há cerca de 30 anos trabalhando em favor do homem do campo, o Senar/SC atua com a visão de ser referência como instituição de excelência que contribui para que os produtores e trabalhadores rurais sejam exemplo em produção agropecuária sustentável e inovadora. Com o objetivo de organizar a atuação do Senar/SC para os próximos três anos, foi desenvolvido o Mapa Estratégico.

O documento conta com prioridades nas relações institucionais, com produtores rurais e parceiros, interna e de aprendizado e crescimento. O mapa foi apresentado e aprovado pelo Conselho Administrativo do Senar/SC, que tem como presidente José Zeferino Pedrozo. Na sequência, foi explanado à equipe do Senar/SC em reunião realizada na sede da entidade nesta semana.

A elaboração deste planejamento estratégico teve apoio do Sebrae/SC por meio do consultor credenciado Nilmar Paul sob a coordenação do assessor administrativo e financeiro do Senar/SC, Gilson Angnes.

Pontos elecandos

Nas relações institucionais, o foco será ampliar parcerias com o Sistema S e entidades governamentais e firmar acordos de cooperação técnica e operacional com cooperativas e fornecedores da cadeia agroindustrial.

No que concerne a relação com produtores rurais e parceiros, o Senar/SC tem como objetivos principais aprimorar canais de comunicação, reforçar parcerias com os Sindicatos Rurais e ampliar e atualizar o portfólio de serviços e ações de Promoção Social (PS), Formação Profissional Rural (FPR) e Assistência Técnica e Gerencial (ATeG).

As perspectivas internas incluem acelerar a transformação digital nos processos operacionais; atualizar o código de conduta e padronização institucional e implantar indicadores de satisfação e impacto dos serviços prestados, além de ações de atração, seleção e formação da equipe técnica e de suporte.

Com relação ao aprendizado e crescimento, o Senar/SC terá como prioridades implantar ações de atração, seleção e formação da equipe técnica e suporte; promover a inovação; implantar ações de atração, seleção e formação da equipe técnica e firmar parcerias com entidades de pesquisa, ensino, extensão e assemelhados.

O presidente do Conselho Administrativo do Senar/SC e da Faesc, José Zeferino Pedrozo, observa que o Senar/SC presta extraordinários serviços em todas as microrregiões catarinenses, proporcionando o desenvolvimento de competências que preparam o seu público-alvo para garantir o crescimento profissional com importantes diferenciais no competitivo mercado atual.

Pedrozo enfatiza que o caráter gratuito de todos os produtos educacionais, linhas de atividades e programas instrucionais permite ampla abrangência e capilaridade da ação do Senar/SC, beneficiando milhares de produtores, trabalhadores rurais e suas famílias. “Esse acesso facilitado à ciência e ao conhecimento tem a capacidade de melhorar o desempenho profissional e/ou empresarial dos agentes econômicos do universo rural, catapultando-os para uma melhor qualidade de vida mediante o aumento da renda da propriedade rural”, acrescenta.

O superintendente do Senar/SC, Gilmar Antônio Zanluchi, reforça que os resultados atingidos por meio das ações do Senar/SC refletem a capilaridade e o esforço da entidade para levar uma metodologia adequada às exigências do universo agrícola de modo a atender o produtor, o trabalhador e a família rural.

“Com uma estrutura dinâmica e enxuta, estamos conseguindo atender todas as regiões catarinenses, investindo mais de 90% dos recursos financeiros nas atividades finalísticas e menos de 10% nas atividades-meio. Esse desempenho está em sintonia com os valores do Senar, quais sejam a ética, a transparência, a sustentabilidade, a inovação e a responsabilidade social, na oferta dos melhores serviços e produtos educacionais”, comenta.

Zanluchi ainda observa que, como resultado dessa ação, tecnologia e inovação chegam ao produtor rural proporcionando aumento de renda e contribuindo de forma decisiva para reduzir as desigualdades entre as regiões de Santa Catarina e para a criação da nova classe média rural.

Fonte: Assessoria Senar (SC)

Quer ficar por dentro do agronegócio brasileiro e receber as principais notícias do setor em primeira mão? Para isso é só entrar em nosso grupo do WhatsApp (clique aqui) ou Telegram (clique aqui). Você também pode assinar nosso feed pelo Google Notícias

Não é permitida a cópia integral do conteúdo acima. A reprodução parcial é autorizada apenas na forma de citação e com link para o conteúdo na íntegra. Plágio é crime de acordo com a Lei 9610/98.

Siga o Compre Rural no Google News e acompanhe nossos destaques.
LEIA TAMBÉM