Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?

Soja: Chicago volta a cair, refletindo maior oferta da América do Sul e dólar forte

Os contratos da soja em grão com entrega em março fecharam com alta de 3,50 centavos de dólar, ou 0,28%, a US$ 12,22 1/4 por bushel.

Os contratos da soja em grão registram preços mais baixos nas negociações da sessão eletrônica na Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT). Mais uma vez, o mercado inicia o dia de negociações sob pressão. A oferta abundante, com o início da safra brasileira e as perspectivas otimistas para a produção na Argentina, juntamente das preocupações sobre a demanda da China, influenciam negativamente as cotações. A forte aceleração do dólar frente a outras moedas correntes completa o quadro baixista aos preços.

Os contratos com vencimento em março operam cotados a US$ 12,13 por bushel, recuo de 9,25 centavos, ou 0,75%, em relação ao fechamento anterior.

Ontem (31), a soja fechou com preços mais altos, em dia de muita volatilidade. Na última sessão do mês, os investidores procuraram ajustar as carteiras, diminuindo as perdas acumuladas em janeiro (5,84% na posição março). As sessões, tanto de terça como de quarta-feira, foram de posicionamento. Os operadores buscaram realizar lucros após os ganhos significativos registrados no dia anterior. O cenário fundamental continua negativo para as cotações, que chegaram a bater nos menores níveis em dois anos recentemente.

Os contratos da soja em grão com entrega em março fecharam com alta de 3,50 centavos de dólar, ou 0,28%, a US$ 12,22 1/4 por bushel. A posição maio teve cotação de US$ 12,32 3/4 por bushel, com ganho de 5,00 centavos ou 0,40%.

Fonte: Agência Safras

VEJA TAMBÉM:

ℹ️ Conteúdo publicado por Myllena Seifarth sob a supervisão do editor-chefe Thiago Pereira

Quer ficar por dentro do agronegócio brasileiro e receber as principais notícias do setor em primeira mão? Para isso é só entrar em nosso grupo do WhatsApp (clique aqui) ou Telegram (clique aqui). Você também pode assinar nosso feed pelo Google Notícias

Não é permitida a cópia integral do conteúdo acima. A reprodução parcial é autorizada apenas na forma de citação e com link para o conteúdo na íntegra. Plágio é crime de acordo com a Lei 9610/98.

Siga o Compre Rural no Google News e acompanhe nossos destaques.
LEIA TAMBÉM