Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?

Soja em atraso: plantio da safra atinge 75,2% na área do Brasil

Em Chicago, preços da oleaginosa são sustentados pelo clima desfavorável, além do atraso do plantio frente ao ano passado.

O plantio da safra 2023/24 de soja atinge 75,2% da área no Brasil, conforme apontou relatório da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) com dados até 25 de novembro. 

Na semana passada a semeadura atingiu 65,4% da área. Em igual período do ano passado, os trabalhos de plantio atingiam 86,1% da área.

Mercado de soja no Brasil

O mercado brasileiro de soja deve ter mais um dia de poucos negócios. Os dois principais formadores de preços estão em sentidos opostos, o que não anima os investidores. O grão tem alta moderada na Bolsa de Mercadorias de Chicago, enquanto o dólar mostra fraqueza frente ao real nos primeiros negócios. 

Na segunda-feira (27), a semana começou com pouca oferta no mercado brasileiro de soja. Os preços ficaram mistos no dia. A Bolsa de Chicago e o dólar ficaram praticamente estáveis. Segundo analistas de SAFRAS & Mercado, os produtores se retraíram esperando por melhores preços. 

Houve registro de alguns lotes em Paranaguá, mas sem grandes volumes. Em Passo Fundo (RS), a saca de 60 quilos caiu de R$ 148,00 para R$ 147,00. Na região das Missões, a cotação baixou de R$ 147,00 para R$ 146,00 a saca. No Porto de Rio Grande, o preço recuou de R$ 153,00 para R$ 152,00. 

Em Cascavel, no Paraná, o preço cresceu de R$ 132,00 para R$ 133,00 a saca. No porto de Paranaguá (PR), a saca valorizou de R$ 142,00 para R$ 143,00. Em Rondonópolis (MT), o valor seguiu em R$ 126,00. Em Dourados (MS), a cotação subiu de R$126,00 para R$ 127,00. Em Rio Verde (GO), a saca diminuiu de R$ 129,00 para R$ 128,50.

Em Chicago

Os contratos com vencimento em Janeiro/24 operam com alta de 0,62%, cotados a US$ 13,38 por bushel. O mercado é sustentado pelo atraso do plantio e o clima desfavorável no Brasil.

Fonte: Agência Safras

ℹ️ Conteúdo publicado por Myllena Seifarth sob a supervisão do editor-chefe Thiago Pereira

Quer ficar por dentro do agronegócio brasileiro e receber as principais notícias do setor em primeira mão? Para isso é só entrar em nosso grupo do WhatsApp (clique aqui) ou Telegram (clique aqui). Você também pode assinar nosso feed pelo Google Notícias

Não é permitida a cópia integral do conteúdo acima. A reprodução parcial é autorizada apenas na forma de citação e com link para o conteúdo na íntegra. Plágio é crime de acordo com a Lei 9610/98.

Siga o Compre Rural no Google News e acompanhe nossos destaques.
LEIA TAMBÉM