Soja: país já importou 3x mais em 2020 do que em 2019

Soja: país já importou 3x mais em 2020 do que em 2019

PARTILHAR
carregamento do soja porto de santos
Foto: Agência Brasil

O volume comprado em julho é o maior desde 2015 e representa uma alta de 685% ante julho de 2019. A boa notícia é que o país está pagando mais barato pela soja. Entenda!

Por Daniel Popov, de São Paulo

Não é novidade para ninguém que o Brasil já comercializou boa parte da safra de soja 2019/2020 colhida até março. Aliás, já vendeu também, 40% da 2020/2021 que nem foi plantada ainda. Sem grão para atender o mercado interno o jeito é importar, principalmente do Paraguai. E o país tem feito isso, pois já comprou três vezes mais soja até julho, do que havia adquirido no mesmo período de 2019.

De janeiro a julho de 2020 o Brasil comprou quase 372 mil toneladas de soja do exterior, segundo dados da Secretaria Especial de Comércio Exterior, ligada ao Ministério da Economia (Mdic). Ou seja, mais do que o triplo dos acumulados na mesma época de 2019, quando o país havia comprado 104 mil toneladas de soja. O levantamento ainda leva em consideração dados preliminares de julho e podem ter alguma revisão.

O Paraguai segue como o principal fornecedor do grão para o Brasil, responsável por quase tudo das vendas totais. Como não há dados detalhados de julho, até junho 99% da soja comprada pelo Brasil, veio do Paraguai.

A boa notícia é que mesmo com o dólar elevado o Brasil tem gastado um pouco menos com essas compras. De janeiro a julho deste ano o país pagou aproximadamente US$ 11,228 milhões para comprar as 372 mil toneladas de soja. Isso significa uma média de US$ 299 por tonelada. Na mesma época de 2019, a média mensal era de US$ 308 por tonelada.

Em julho o país gastou um pouco mais para comprar a soja ante o ano passado, pagando uma média de US$ 298 por tonelada em 2020, contra US$ 290 por tonelada em 2019. Outro fator que chama a atenção para o mês é o volume vendido que ultrapassou a casa das 99 mil toneladas, 685% a mais que as 12,7 mil de julho do ano passado.

Essas 99,7 mil toneladas importadas em julho, foi o maior volume mensal desde 2015, quando em fevereiro o país adquiriu 119,2 mil toneladas de soja do exterior. Mas se engana quem pensa que esse foi o recorde brasileiro, muito longe disso, o maior volume de soja já importado pelo país aconteceu em janeiro 1998, quando o Brasil comprou impressionantes 375,9 mil toneladas do grão.

Fonte: Canal Rural

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.