Soja: preço no Brasil cai até R$ 2,50, e agora?

Soja: preço no Brasil cai até R$ 2,50, e agora?

PARTILHAR
semente de soja
Foto: Divulgação

Segundo levantamento da Safras, a maior queda diária se deu no Porto de Paranaguá, onde a cotação caiu de R$ 118,50 para R$ 116. Confira!

O mercado brasileiro de soja teve um dia travado nesta terça, 21, e de preços recuando de forma generalizada. De acordo com a consultoria Safras, a forte baixa do dólar e a queda consistente dos contratos futuros em Chicago afastaram os negociadores do mercado.

Em Passo Fundo (RS), a saca de 60 quilos baixou de R$ 118,50 para R$ 117. Na região das Missões, a cotação recuou de R$ 118 para R$ 117. No porto de Rio Grande, o preço passou de R$ 121 para R$ 120. Em Cascavel (PR), o preço caiu de R$ 111,50 para R$ 110 a saca. No porto de Paranaguá (PR), a saca baixou de R$ 118,50 para R$ 116.

Em Rondonópolis (MT), a saca recuou de R$ 112 para R$ 111. Em Dourados (MS), a cotação caiu de R$ 112 para R$ 111. Em Rio Verde (GO), a saca baixou de R$ 109 para R$ 108.

Contratos futuros

A soja fechou esta terça-feira, 21, com preços mais baixos na Bolsa de Chicago. De acordo com a consultoria Safras, após cinco sessões no território positivo, com novembro subindo 2,8% e atingindo o maior patamar desde 10 de julho, fundos e especuladores optaram por realizar lucros.

“A melhora nas condições das lavouras americanas, apontada ontem pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), contribuiu para a correção”, informa.

Os contratos da soja em grão com entrega em agosto fecharam com baixa de 6,50 centavos ou 0,71% em relação ao fechamento anterior, a US$ 8,96 por bushel. A posição novembro teve cotação de US$ 8,93 por bushel, com perda de 7 centavos ou 0,77%.

Nos subprodutos, a posição dezembro do farelo fechou com baixa de US$ 3,60 ou 1,21% a US$ 293,30 por tonelada. No óleo, os contratos com vencimento em dezembro fecharam a 30,68 centavos de dólar, alta de 0,15 centavo ou 0,49% na comparação com o fechamento anterior.

Fonte: Agência Safras

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.