Sustentação no preço do milho devido ao clima e atraso da colheita

Sustentação no preço do milho devido ao clima e atraso da colheita

PARTILHAR

Depois de um começo de ano mais frouxo, os preços do milho firmaram nas últimas semanas de janeiro.

O excesso de chuvas no Brasil Central e no Paraná tem dificultado o avanço da colheita da safra de verão, além dos possíveis prejuízos em termos de produtividade e encurtamento da janela de plantio da segunda safra.

Segundo levantamento da Scot Consultoria, na região de Campinas-SP, a saca de 60 quilos está cotada em R$31,70, sem o frete, para a entrega imediata, frente a negócios em até R$30,50 por saca nas primeiras semanas do ano.

Em relação a média de dezembro último, o preço do cereal subiu 3,6%, mas ainda assim está 12,0% abaixo do registrado em janeiro de 2017.

Em curto e médio prazos, a atenção seguirá voltada para o clima e andamento dos trabalhos no campo.

Em um cenário mais favorável de clima para a colheita a expectativa é de que os preços caiam no mercado interno com o aumento da disponibilidade interna, conforme avança a colheita da safra de verão no país.

Fonte: Scot Consultoria

-- conteúdo relacionado --
Compradores e vendedores seguem cautelosos para ef... Compradores e vendedores consultados pelo Cepea seguem muito cautelosos para efetivar novos negócios. Entre 4 e 11 de abril, o Indicador ESALQ/BM&...
Apesar de ajustes, cenário é de estabilidade no me... Mercado do boi gordo estável na última quarta-feira (14/3), com oferta maior de fêmeas em algumas regiões, mas também com retenção pelos produtores. ...

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com