Touro mais temido nos rodeios vai ganhar monumento no interior de SP

Touro mais temido nos rodeios vai ganhar monumento no interior de SP

PARTILHAR
touro de rodeio agressivo
Foto: André Silva / Comunic Comunicação Corporativa

Animal morreu no final de julho por problemas de saúde; ele ganhou diversos prêmios em liga internacional e estava aposentado desde 2015

Um monumento dedicado ao Agressivo, touro considerado o mais ameaçador dos rodeios brasileiros e que morreu no fim de julho, será construído na Fazenda Santa Martha, em Icém (SP). O animal ficou internado uma semana em um hospital veterinário, com artrose nas articulações.

A construção está prevista para começar em setembro de 2018, mas ainda não há previsão de quando será concluída. O material da estrutura será de algum tipo de pedra com grande durabilidade. A estátua terá um tamanho de 2,5 metros de comprimento por 1,80 metro de altura.

O animal tinha 17 anos, estava aposentado desde 2015 e vivia na propriedade no interior paulista. Ele pertencia à companhia de Paulo Emílio Marquez, desde em 2008, quando chegou aos seis anos de idade, e logo ganhou fama de “impossível de ser vencido”.

Ele ficou oito anos invicto e colecionava diversos títulos da PBR (Professional Bull Riders), uma liga internacional de rodeios.

Agressivo tinha até uma página no Facebook, chamada Touro Agressivo, que tem quase 80 mil seguidores. Ele foi eleito o Touro do Ano em 2010 de Barretos, e também conquistou 13 fivelas de melhor touro. De acordo com a PBR, apenas dois atletas de rodeio conseguiram montar e ficar oito segundos em cima do animal.

“É uma grande perda. Todos sabem que trato meus touros como filhos, vibro com eles e proporciono todo bem-estar que eles merecem durante as competições e após a aposentadoria. É um dia triste para o mundo dos rodeios”, afirmou Paulo Emílio Marques, proprietário do animal, após o falecimento de Agressivo mês passado.

Leia também

No Twitter, Paulo Emílio contou que Agressivo ficou internado por cinco dias no hospital veterinário da Unirp (Centro Universitário Rio Preto), fraco e sem comer.

“Seus órgãos começaram a parar de funcionar. Infelizmente a idade chegou”, disse.

Morre Agressivo, um dos maiores touros de rodeio do país

Touro Agressivo: atleta de 900kg temido por peões vale R$ 700 mil

POR REDAÇÃO GLOBO RURAL

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com